Anvisa inclui maconha em sua lista de plantas medicinais

Anvisa inclui maconha em sua lista de plantas medicinais

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu incluir a Cannabis sativa, nome científico da maconha, em sua relação de plantas medicinais. Segundo a agência reguladora, a inclusão não altera as regras para importação de medicamentos com canabidiol (CBD) ou outros extratos da maconha. Ou seja, não libera seu uso medicinal, tampouco muda as normas que restringem o porte e o uso da maconha em território nacional. Se um fabricante, por exemplo, pedir o registro de um medicamento, as substâncias precisam aparecer na lista para que o fabricante faça o pedido e a Anvisa inicie a análise, independentemente do resultado.

Em janeiro de 2015, a Anvisa já tinha decidido retirar o canabidiol da lista de substâncias de uso proscrito, o que abriu caminho para que a comercialização de medicamentos com a substância fosse facilitada no país.

No início de 2017, o órgão havia aprovado o registro o registro do primeiro remédio à base de maconha no Brasil.

A norma prevê que o paciente ou seu responsável legal solicite à Anvisa, em formulário próprio, uma autorização excepcional para a importação e utilização do produto, apresentando prescrição médica, laudo médico e declaração de responsabilidade e esclarecimento assinada pelo médico e paciente ou responsável legal. O marco é importante: trata-se do reconhecimento não de um derivado, mas sim da planta propriamente. Porém, em 1938 a planta foi proibida pela primeira vez no Brasil, e logo depois a espécie foi removida da lista. Para que isso aconteça seria necessário que um empresa apresentasse um pedido para registro de um medicamento feito com a planta em si e isso ainda não aconteceu. Desta forma, a substância passa a ser reconhecida dentro do país para futuros pedidos de registro de medicamentos e outras regulamentações. A Farmacopeia é um compêndio de monografias que detalham a forma de fabricação de um medicamento e seus padrões de qualidade para que possam ser registrados no Brasil.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Sem Neymar, Tite convoca Rodriguinho, Jesus e David Luiz
Tite também falou do retorno de David Luiz e sobre o papel que o jogador pode exercer dentro da Canarinho. "Ele é versátil. Serve para o Diego Souza, que entrou bem no jogo contra o Uruguai, apesar de pouco tempo, participou de duas jogadas.

Fachin autoriza abertura de inquérito para investigar Michel Temer
O presidente, disse Petecão, afirmou que já dispunha de votos para aprovar a reforma da Previdência no plenário da Câmara. Na delação de Joesley , o senador Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, é gravado pedindo ao empresário R$ 2 milhões.

Atividade econômica cresce 1,12% no primeiro trimestre
O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Ao olhar para outros indicadores, mais uma vez, a economia não dá sinais definitivos de que a retomada é para valer.

Palmeiras finaliza venda de Vitor Hugo para a Fiorentina — Site
Vitor Hugo , um dos zagueiros de mais destaque do Palmeiras nos últimos anos, está vendido para a Fiorentina , da Itália. Cuca vai promover uma vestibular dentro do elenco e observar, na prática, quem pode incomodar os titulares.

Outras notícias