Anitta diz que ainda sofre preconceito por sua música

Com carreira internacional, Anitta desabafa sobre preconceito: “Por conta do ritmo que canto e por rebolar”

Sobre a realidade das favelas no país, ela destacou: "Para você ter uma vida diferente dentro do que está naquele espaço, não tenho palavras para descrever, não tem oportunidade".

"Aqui no Brasil ainda existe muito preconceito comigo por conta do ritmo que eu canto, por ser muito nova, por fazer plástica e assumir, por dançar e rebolar sensual, por fazer sucesso com um ritmo popular e também pelo fato de vender autoconfiança, de vender autoestima para as mulheres".

A participação da Anitta no programa do jornalista Pedro Bial foi ao ar na madrugada desta sexta-feira (16) e além de apresentar o single "Paradinha", o que mais repercutiu foi a pequena aula de quadradinho que a cantora fez a pedido do apresentador.

Para conseguir alcançar fama internacional, Anitta explicou que faz tudo sozinha e gerenciando sua equipe, sem ninguém investindo nela.

A cantora afirmou que a luta contra o preconceito tem sido essencial na sequência de seu trabalho. "Fui planejando essa quebra de barreiras e rótulos aos poucos". Mas não vai ser rápido, assim como não foi no Brasil.

Anitta e Bial entoaram os versos da música Cruisin, em inglês. Nas redes sociais, surgiram os rumores de que as duas viviam em rixa, já que o clipe que gravaram juntas vazou antes da divulgação oficial e azedou a relação entre elas, levando até Iggy a apagar algumas fotos com a brasileira.

- Eu não acredito em competição, acho isso uma coisa burra. "Eu acredito numa união, cooperação", disse.

Anitta tem muitos motivos para sorrir à toa. Além de sair em outros idiomas, também, né? "A palavra 'bunda' está se internacionalizando graças à Anitta", comenta Pedro Bial, que pergunta o que é a famosa "Paradinha". Agora, a morena acredita que não é ela quem coloca esse medo nos crushs. Sou uma pessoa super normal, prática, eu acho.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Temer sabia de pagamento de caixa 2 ao PMDB, diz doleiro
As conversas e o recebimento do dinheiro resultaram na abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal e na prisão de Loures. Funaro foi chamado para esclarecer algumas questões relativas ao primeiro interrogatório a que foi submetido no último dia 2.

Homem detido junto ao parlamento britânico por suspeita de estar armado
Policiais depois colocaram o homem na traseira de uma carro da polícia. "Não há registo de feridos". Foi abatido no local e, desde este ataque, a segurança foi reforçada em Westminster.

Experiente, Leonardo Silva evita culpar Felipe Santana por derrota
Após jogar por cerca de 60 minutos com um jogador a mais, o empate em casa já era um resultado ruim para o Atlético. Na próxima rodada, o Atlético-MG vai até o Morumbi para enfrentar o São Paulo, no domingo, às 16h (de Brasília).

Marçal vendido ao Lyon por 4,5 milhões de euros — Benfica
O jogador, que passou pela base do Grêmio e também atuou no Guaratinguetá, chegou em Portugal em 2010, para atuar no Torreense. Marçal está cada vez mais perto do Lyon .

Outras notícias