Começam as negociações para o Brexit

Christopher Furlong  REUTERS

As aguardadas negociações do Brexit finalmente começaram nesta segunda-feira (19) entre a União Europeia (UE) e um fragilizado governo britânico, com a intenção de conversações "construtivas" sobre a primeira saída, prevista para março de 2019, de um país em seis décadas de projeto europeu.

O Reino Unido, acrescentou, pretende negociar "num tom positivo e construtivo, determinado a construir uma parceria forte e especial com os aliados e amigos europeus".

Autoridades dos dois lados minimizaram as expectativas em relação ao que pode ser obtido em um dia.

Michel Barnier parte para as negociações com a prioridade de "retirar a incerteza provocada pelo Brexit [e] assegurarmo-nos que a retirada do Reino Unido acontece de uma maneira ordenada".

Atenção! Os comentários do site são via Facebook!

O fiasco eleitoral da premiê ressuscitou uma desavença a respeito da Europa entre seus colegas conservadores -que seu antecessor, David Cameron, tentou encerrar convocando o referendo- e deixou os líderes do bloco em dúvida quanto a seu plano para um "Reino Unido global" que a maioria deles encara como loucura total.

O primeiro dia de discussões será dedicado à organização prática das negociações.

"O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico (Boris Johnson") fez questão de fazer declarações à imprensa à entrada desta reunião exprimindo justamente esse voto de que possa haver uma boa negociação que conduza a um acordo equilibrado, a uma saída negociada, e futuramente a uma relação muito próxima entre o Reino Unido e a UE.

No acerto de contas, a UE-27 quer que o Reino Unido cumpra os compromissos financeiros assumidos no âmbito do actual quadro financeiro, que expira em 2020, e continue a contribuir para o pagamento de funcionários britânicos, actuais e reformados, das instituições europeias.

Numa manobra mal calculada, Theresa May antecipou as eleições para fortalecer a sua maioria parlamentar e, assim, reforçar a sua posição negocial em Bruxelas, mas acabou por a perder nas eleições de 8 de Junho último, estando agora dependente de alianças - ainda em curso, estão as negociações com o DUP, os unionistas da Irlanda do Norte.

A primeira-ministra anunciou, ainda em Janeiro, a intenção de cortar de vez com a União Europeia, incluindo com o mercado único e com a união aduaneira, o que significa fazer um "hard Brexit".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Filtros de óleo Mahle
Os filtros de óleo da Mahle são capazes de manter a quantidade do óleo a todos os momentos. Estes cartuchos são feitos de papel para assegurar que são amigos do ambiente.

FIFA estuda as seis mudanças que podem revolucionar o futebol
Assim, o jogo terminaria na primeira interrupção de jogo após a hora estipulada para o encontro. No desempate por penáltis , o IFAB diz que já se pode começar a testar uma ordem diferente.

Vazam novas informações sobre Shadow of the Tomb Raider
Com a Crystal Dynamics envolvida no "Projeto Vingadores" da Marvel, será a Eidos Montreal a produzir este jogo. Surpreendente, uma nova aventura de Lara Croft não foi anunciada durante a E3 2017.

E-mails não comprometem Benfica
Marques desmentiu, esta sexta-feira, que estivesse ligado ao FC Porto quando ainda trabalhava na Agência Lusa. Em resposta ao caso dos alegados e-mails, expostos por Francisco J.

Outras notícias