Confira os aparelhos em que o WhatsApp não irá mais funcionar

WhatsApp deixará de funcionar em vários modelos de celulares a partir de 1º de julho

A descontinuação irá acontecer a partir de 30 de junho. Os modelos afetados são o BlackBerry OS e BlackBerry 10, Nokia S40, Nokia Symbian S60, todos os aparelhos com Android 2.1 e Android 2.2, Windows Phone 7, alémdo iPhone 3GS/iOS 6.

A Proteste considera que a obsolescência programada dos celulares é um desrespeito ao consumidor, especialmente por quem opta por utilizar um aparelho mais antigo, uma vez que o acesso ao serviço de telefonia é provido por todas as operadoras no país. Devido algumas questões de segurança, o WhatsApp descontinuará a compatibilidade com alguns sistemas, como os da BlackBerry, Nokia e algumas versões mais antigas do Android.

"Por mais que estes aparelhos celulares tenham feito uma importante parte em nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro".

A recomendação do WhatsApp para quem possui um aparelho com os sistemas citados é que adquira um aparelho com sistema Android, iOS ou Windows Phone, e assim terá como usufruir do aplicativo sem problemas.

O WhatsApp já avisou que até o final deste ano de 2017 o app não funcionará em muitos outros produtos.

O sistema Symbian da Nokia, que até então tinha um grande potencial, eram uma febre no início dos anos 2000 até alguns anos atrás é um dos sistemas que deixarão de rodar o app do WhatsApp.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

UE condena detenções na Rússia estimadas em mais de 1.500, incluindo Navalny
No momento do início dos atos, Vladimir Putin entregava a estudantes no Kremlin suas carteiras de identidade. Numa mensagem subsequente, ela postou uma imagem de Navalny sendo escoltado pela polícia local.

Deputado Paulinho da Força tem direitos políticos suspensos por 5 anos
Porém, além da terra ser improdutiva, o órgão comprovou que houve superfaturamento de mais de R$ 1 milhão na compra da área. Em uma das parcerias, a Força Sindical teria contratado a Fundação Domini por R$ 215 milhões para ministrar esses cursos.

Guarda-redes brasileiro a caminho do Restelo
O novo guardião dos lisboetas é irmão de Alisson, guarda-redes da Roma e habitual titular da seleção brasileira. Liberado no início do mês, fechou com o Belenenses.

Serviço Secreto afirma não ter gravações da Casa Branca
Barron Trump será o primeiro rapaz a habitar a residência oficial do presidente norte-americano desde 1963, ano que em John F. Até o momento, ela permanecia vivendo na Trump Tower , em Nova York, onde aguardava o menino concluir o ano escolar.

Outras notícias