Conmebol reduz pena de Felipe Melo de seis para três jogos

Felipe Melo se machucou contra o Fluminense

O Tribunal de Apelações da Conmebol reduziu a pena imposta ao volante Felipe Melo, do Palmeiras, devido à briga no jogo contra o Peñarol (URU), em abril.

Com isso, a pena cai para três jogos.

O clube vai apresentar os argumentos que enviou ao Comitê de Apelação, órgão que pode reformar a decisão do Tribunal de Disciplina. Uma influência do mandatário seria muito ruim para o Palmeiras, já que o dirigente já se manifestou sobre a punição estabelecida, à que considera branda demais. O time brasileiro embasou a argumentação com vídeos e fotos tanto do jogo, como de partidas anteriores, para caracterizar que a briga foi iniciada pelos uruguaios depois de Felipe Melo ter feito um gestão religioso, e não provocativo, ao fim da partida.

Assim como a redução da punição ao jogador, a Conmebol também alterou a multa aplicada ao Palmeiras por envolvimento na confusão no estádio Campeón del Siglo.

Como Felipe Melo já cumpriu dois (não atuou contra Jorge Wilstermann, na Bolívia, e Tucumán, em São Paulo), o volante fica livre para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, do Equador, na partida de volta das oitavas de final, no dia 9 de agosto, em São Paulo.

Com a atual punição, o meio-campista só estaria à disposição de Cuca em uma eventual semifinal.

Melo está se recuperando de uma cirurgia na mão esquerda e de uma lesão na coxa direita, sofridas no sábado passado, diante do Fluminense - a previsão de retorno é de seis semanas. Em vez de 10 mil dólares (cerca de R$ 32 mil), o novo valor a ser pago será de US$ 5 mil, por volta de R$ 16 mil.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Cristiano Ronaldo adota silêncio após jornal português apontar sua saída do Real
A justificação foi a forma como se sentiu tratado pelo fisco espanhol, num processo em que o jogador diz estar inocente. Os franceses Paris Saint-Germain e Monaco também podem entrar na disputa pelo camisa sete.

Liga da Justiça | Imagens revelam novos flashbacks de Mulher-Maravilha
Danny Elfman fechou contrato com a Warner para compor a trilha sonora do filme da Liga da Justiça . A direção é de Zack Snyder (" Batman vs Superman: A Origem da Justiça").

U2 confirma nova data de show em São Paulo
A assessoria que cuida da vinda do U2 ao país não informou detalhes sobre o que inclui o pacote referente a esse ingresso. A compra dá direito ao acesso a Área VIP exclusiva, junto ao Palco com atendimento especial.

IBGE aponta que atividade econômica cresceu no Brasil
A estimativa do IBC-Br incorpora a produção estimada para os três setores acrescida dos impostos sobre produtos. Os resultados são comemorados pelo ministro da Fazenda Henrique Meirelles e equipe econômica.

Outras notícias