Cuca modifica time titular pela 9ª vez, e Palmeiras vence 1ª fora

Jorginho vê empate justo diante do Coritiba

No Estádio da Fonte Nova, o time dirigido pelo técnico Cuca tentará conquistar seus primeiros pontos na condição de visitante pelo torneio nacional. Até então, tinha quatro derrotas fora de casa na competição para Chapecoense, São Paulo, Coritiba e Santos, além de um revés para o Internacional, pela Copa do Brasil. O Bahia venceu as partidas que fez aqui e vem jogando muito bem. Agora, só Fernando Prass começou jogando todos os 11 jogos com o treinador.

Sem Tchê Tchê, o setor foi formado com Thiago Santos e Jean como volantes. Aos cinco minutos, Keno recebeu novamente de Guerra e acertou o ângulo de Jean com um lindo chute da entrada da área: 2 a 1. Mas o Palmeiras matou o jogo no contra-ataque, com Willian.

Já o sistema defensivo teve Maike, Mina, Juninho e Egídio, que tinha atuado pela última vez contra o Coritiba há 11 dias. É um time que tem mostrado uma proposta interessante, na base da velocidade.

Aos 17 minutos, Keno recebeu na frente, avançou, o zagueiro Rodrigo Becão atingiu a bola com um carrinho e derrubou o atacante palmeirense.

Apesar da boa atuação da equipe paulista, o Bahia criou oportunidades para marcar, mas parou em Fernando Prass, que fez duas defesas simultâneas em chutes de Renê Júnior e Edigar Júnior. No final da etapa inicial, o goleiro não conseguiu salvar o clube.

Na visão do técnico Cuca, Tchê Tchê é peça fundamental do elenco alviverde. Com a modificação, Jean foi deslocado para a lateral. O ritmo do jogo diminuiu. Chega? Nada disso. Com o Tricolor indo para o tudo ou nada, o Palmeiras encontrou espaço para marcar o quarto gol, com Willian, e enfim definir sua primeira vitória como visitante. Sem Edson, suspenso, e Allione, por pertencer ao Palmeiras, o técnico Jorginho escalou Juninho ao lado de Renê Jr.no meio-campo, e colombiano Mendoza formando o trio de ataque com Zé Rafael e Edigar Junio, com Vinícius retornando ao meio-campo. Willian ficou com a sobra na grande área, cruzou e a bola desviou em Matheus Reis.

Gols: Roger Guedes (P), aos 17min, e Vinicius (B), aos 44min do 1º tempo; Keno (P), aos 3min, Mina (P), aos 37min, João Paulo (B), aos 39min, e Willian (B), aos 46min do 2ºCartões amarelos: Regis Souza (B); Keno, Willian, Juninho e Roger Guedes (P) Local: Fonte Nova, em SalvadorJuiz: Rodolpho Toski Marques (PR).

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

França: Projeções apontam 355 assentos para Macron na Assembleia, de 577
Já o partido conservador " Os Republicanos ", com uma projeção de 60 a 80 cadeiras, se tornaria o principal partido de oposição. Do lado da Frente Nacional (FN, xenófoba) é caso para algumas palmas e outros tantos assobios.

Costa anuncia encerramento de escolas — Pedrogão Grande
Este sábado, um forte calor atingiu Portugal , com temperaturas que superaram os 40 graus em várias regiões. No ano 2012, centenas de incêndios registados provocaram seis mortos, quatro deles bombeiros.

CR7 aparece pouco e Portugal fica no 2×2 com o México
Fernando Santos opta pela experiência frente ao México , lançando um ataque formado por Nani, Quaresma e Cristiano Ronaldo . Na segunda etapa, o jogo seguiu com o México tendo mais tempo com a bola, mas sem transformar a posse em chances claras.

Toureiro é morto em arena após golpe fatal no pulmão
Fandiño é o segundo toureiro espanhol a morrer no ringue somente no último ano. Ele foi atingido no pulmão pelo chifre do animal.

Outras notícias