Hermínio Loureiro detido por suspeitas de corrupção. Seis milhões de euros apreendidos

Hermínio Loureiro detido pela Polícia Judiciária

Os detidos são, além de Hermínio Loureiro, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, um funcionário camarário e empresários locais.

"É muitas vezes mais importante saber sair da cena política, do que a ela se apresentar", disse então Loureiro. Mas o argumento, pelos vistos falacioso, deixou políticos, jornalistas e juristas com a pulga atrás da orelha. Até hoje - o dia da sua detenção para interrogatório, ao abrigo da operação judicial 'juste Secreto' e posterior detenção para ser, amanhã, dia 20, presente a um juiz de instrução. No total, sete pessoas foram detidas por suspeitas de corrupção ativa, no âmbito da operação "Ajuste Secreto", dirigida pelo Ministério Público de Santa Maria da Feira.

Em declarações à Lusa, fonte da Polícia Judiciária avançou ainda que entre os sete detidos, no âmbito da operação, estão empresários relacionados com o "setor da construção civil" e que entre os cinco clubes de futebol alvo de buscas policiais estão o União Desportiva Oliveirense, Atlético Clube de Cucujães e Futebol Clube Macieirense.

A Diretoria do Norte da PJ anunciou em comunicado, emitido ao final da manhã, que tinha realizado buscas judiciais em cinco autarquias, entre as quais constavam Oliveira de Azeméis, Matosinhos, Gondomar, Estarreja e Albergaria-a-Velha.

No comunicado, não são identificados os detidos, mas as televisões estão a difundir que Hermínio Loureiro é um deles, e a RTP acrescenta o nome de Isidro Figueiredo. Os sete suspeitos vão pernoitar nas instalações da PJ de Aveiro. Uma delas é a de Oliveira de Azeméis.

Eleito pela primeira como presidente da câmara em 2009, quando conseguiu 45% dos votos para o PSD, Hermínio Monteiro chegou a acumular o autarquia com a presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, cargo que ocupou entre agosto 2006 e junho de 2010.

Estão em causa obras "manipulando as regras de contratação pública", aponta o diário, frisando que foram realizadas 31 buscas, "incluindo cinco camarárias e cinco em clubes locais de futebol, na qual participaram magistrados do Ministério Público e cerca de noventa elementos da Polícia Judiciária".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Botafogo enfrenta Chapecoense para acabar com jejum de cinco jogos sem vencer
A Chapecoense até chegou algumas vezes com perigo no primeiro tempo, principalmente com Apodi , mas faltou atenção na defesa. Enquanto a equipe catarinense se afasta ainda mais da liderança, estaciona nos 13 pontos e ocupa o quinto lugar na tabela.

Atropelamento mortal em Londres mata um muçulmano
Theresa May informou que iria presidir uma reunião de emergência na manhã desta segunda-feira para discutir o assunto. A premier britânica, Theresa May , afirmou que o atropelamento é tratado como um "potencial ataque terrorista".

Presidente evita detalhes sobre investigação de atentado — Colômbia
Técnicos especialistas em explosivos inspecionaram o local para determinar que tipo material foi utilizado no atentado. Ações para impedir o processo de paz enfrentarão resistência já que a população apoia a solução, afirmou Currea-Logo.

FC Porto é o novo campeão nacional de hóquei em patins
Os azuis e brancos derrotaram o Riba d'Ave por 11-4 e precisavam que os encarnados não vencessem os leões fora. O Benfica encetou uma reacção e empatou a partida a cinco golos já perto do final.

Outras notícias