Israel responde ataque e atinge posições na Síria, destruindo dois tanques

Israel bombardeia posições do exército sírio junto aos Gol

O Exército de Israel atacou com bombas neste sábado (24) uma posição síria na qual assegura que foram lançados durante o dia vários projéteis que atingiram as Colinas de Golã.

Eles não informaram haver vítimas. Segundo o Exército, nenhum ferimento ou dano foi causado, mas com israelenses se aproximando de Golan Heights, os militares tomaram precaução para pedir civis para evitar a região. A isso, o Estado hebreu respondeu com ataques aéreos.

"Responderemos com força a todos os ataques contra o nosso território e os nossos cidadãos", prometeu este domingo o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

No combate de sábado, aviões israelenses atacaram várias posições e destruíram dois tanques em resposta a mais de 10 projéteis que caíram sobre seu território, disseram militares.

"As Forças de Defesa de Israel não irão permitir qualquer tentativa de atingir a soberania de Israel e a segurança de seu povo, e consideram o regime sírio responsável pelo que acontece em seu território", disseram as Forças de Defesa de Israel em comunicado, informa o "Haaretz". Logo anexou o platô estratégico de onde se vê o norte de Israel é, mas essa anexação não é reconhecida internacionalmente.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Gmail irá deixar de analisar emails para publicidade personalizada
Os usuários inclusive poderão desativar totalmente a personalização de anúncios dentro do Gmail , de acordo com a empresa. Com o objectivo de tornar o serviço G Suite mais atrativo para as empresas a Google optou por fazer esta alteração.

Com titulares poupados, Corinthians encerra preparação para duelo com Grêmio
Uma das novidades entre os relacionados é o retorno do meia Pedrinho , recuperado de uma tendinite no tornozelo esquerdo. O zagueiro, porém, treinou nos últimos dois dias, teve um papo com Renato no sábado e foi relacionado para o jogo.

PF fará varredura nos telefones e gabinete da presidente do STF
Na ocasião, o presidente Michel Temer negou a denúncia e a ministra Cármen Lúcia classificou de "inadmissível" qualquer iniciativa nesse sentido.

Prévia da inflação avança 3,52% nos doze meses encerrados em junho
As outras três regiões com indicador abaixo de 3% são Curitiba (2,49%), Porto Alegre (2,99%) e Belo Horizonte (2,85%). No Focus, a expectativa é de que a inflação encerre este ano a 3,64 por cento, com a Selic a 8,5 por cento.

Outras notícias