Líder do Estado Islâmico morto em ataque aéreo

Líder do Estado Islâmico morto durante ataque aéreo

No entanto, a informação ainda não foi oficialmente confirmada pelo governo sírio nem pelo movimento terrorista.

Esta não é a primeira vez que a imprensa avança a morte de Al-Baghdadi.

O líder do grupo terrorista é um dos homens mais procurados do mundo, existindo um prémio de 25 milhões de dólares pela sua captura. Os analistas consideram que terá procurado refúgio em Raqqa, a Síria.

A Sana noticia este domingo que na sequência dos ataques das forças sírias vários radicais foram mortos ou ficaram feridos, e que as forças sírias que se encontram na cidade de Raqa estão a tentar confirmar a identidade de um dos mortos, mas não dá qualquer indicação de que Al-Baghdadi seja um dos mortos.

A agência de notícias AFP cita vários combatentes envolvidos no processo e algumas ONG que acompanham a guerra da Síria para dizer que as forças curdas tomaram a parte ocidental da cidade. Ainda assim, a Sana ainda não confirmou a morte de Al-Baghdadi.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Palmeiras estuda contratar o volante Bruno Henrique, ex-Corinthians
Com isso Bruno Henrique está de saída do Palermo e de acordo com a imprensa local o Verdão é o provável destino do ex-corintiano. Um nome que vem ganhando força no Verdão é do volante Bruno Henrique, ex-Corinthians e atualmente no Palermo, da Itália.

Autores de ataque em Londres usaram cintos explosivos falsos
Segundo o mesmo responsável, os terroristas dirigiram-se para a London Bridge às 21.58. Os explosivos não foram usados graças à rápida atuação da polícia.

França outra vez a votos. Agora são as legislativas
Até o momento, contava com cerca de 300 deputados no Parlamento, mas poderia manter apenas um décimo. Os colégios eleitorais abriram as portas às 8h (horário local) e fecham, em sua maioria, às 20h.

Águias confirmam venda de Lindelof por 35 milhões
Nas 47 partidas disputadas no clube, marcou um gol e vem sendo convocado constantemente para defender a seleção sueca. Lindelof faz exames médicos no início da semana e o Benfica recebe 35 milhões de euros.

Outras notícias