Mali: radicais promovem ataque em resort frequentado por estrangeiros

Bamaco em Maio de 2016. Thomas Imo

"As forças de segurança estão a postos".

Atiradores invadiram o Le Campement Kangaba, em Dougourakoro, a leste da capital Bamako, um resort frequentemente visitado por turistas nos fins de semana.

Um responsável do Ministério da Segurança do Mali que não quis ser identificado disse à agência France Presse que o ataque está em curso e que é realizado por "presumíveis jiadistas", adiantando que, além de forças especiais malianas, estão no local militares da operação francesa Barkhane e da ONU. "A situação está controlada".

Outro hotel da capital Bamako, Radisson, sofreu um ataque terrorista em 2015 que deixou pelo menos 20 mortos. Dois homens entraram no local há quase dois anos e fizeram reféns quase 170 pessoas. Havia também "duas ou três pessoas" em outro vehículo.

"O acampamento da Minusma (Missão da ONU no Mali) em Kidal foi atacado com foguetes e morteiros", numa ação que fez cinco feridos, disse o anúncio. Segundo informações preliminares, os autores do atentado seriam terroristas islâmicos. Não foram informadas as nacionalidades dos reféns.

Este ataque registrado na quinta-feira, como a maioria dos ocorridos em Mali nos últimos meses, foi reivindicado por uma nova aliança entre jihadistas do Sahel ligados à Al-Qaeda, liderada pelo líder islâmico Tuareg Iyad Ag Ghaly. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Filtros de óleo Mahle
Os filtros de óleo da Mahle são capazes de manter a quantidade do óleo a todos os momentos. Estes cartuchos são feitos de papel para assegurar que são amigos do ambiente.

FC Porto é o novo campeão nacional de hóquei em patins
Os azuis e brancos derrotaram o Riba d'Ave por 11-4 e precisavam que os encarnados não vencessem os leões fora. O Benfica encetou uma reacção e empatou a partida a cinco golos já perto do final.

Lucas Pratto: 'Acho que não vou comemorar'
E como a cartilha do futebol 'obriga' o mandante e buscar a vitória diante de seu torcedor, o técnico são-paulino chamou Gilberto. O jogo marcou ainda o retorno do atacante Luan , longe dos gramados desde abril. "Não deixar finalizar tranquilo", ressaltou.

França: Projeções apontam 355 assentos para Macron na Assembleia, de 577
Já o partido conservador " Os Republicanos ", com uma projeção de 60 a 80 cadeiras, se tornaria o principal partido de oposição. Do lado da Frente Nacional (FN, xenófoba) é caso para algumas palmas e outros tantos assobios.

Outras notícias