Mallu Magalhães causa polêmica ao falar sobre preconceito com brancos

Mallu Magalhães minimiza polêmica sobre seu clipe e divide opiniões com comentário no “Encontro” Fábio Almeida 17:30: 23/06/2017 Sem Comentários

A cantora Mallu Magalhães, que sofreu críticas por parte de alguns fãs que consideraram racista o clipe de Você Não Presta, seu mais recente lançamento, participou do Encontro com Fátima Bernardes desta sexta-feira, 23, e gerou ainda mais polêmica por conta de um comentário feito na hora de apresentar a música.

Não faz tanto tempo assim desde que falamos sobre a polêmica envolvendo Mallu Magalhães e acusações de racismo em seu último clipe, o "Você não presta". "Mallu maravilhosa, mas no final morreu pela boca", escreveu mais um.

"Essa é pra quem é preconceituoso e acha que branco não pode tocar samba", disse.

Após conversa sobre este assunto, Mallu, foi convidada a cantar a canção para o público e telespectador. "Em nenhum momento eu considerei cor de ninguém na seleção de casting, nem reparei qual era o número de pessoas, que cor que elas eram, nada..."

"Teve pessoas negras que se sentiram ofendidas, disseram que eu estava usando o corpo negro para adornar meu clipe". "Foi um momento de educação para mim".

Graças a essa declaração o nome de Mallu Magalhães ganhou destaque nas redes sociais, e se tornou um dos tópicos mais citados do Twitter, com internautas opinando sobre o caso. Houve críticas e apoio a cantora.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

De saída do São Paulo, Maicon não enfrenta Atlético; Rodrigo Caio viaja
Nesta quinta-feira, Maicon foi ao Rio de Janeiro para se reunir com seu empresário, Carlos Leite ( veja na foto ). Na legenda, Maicon escreveu em inglês que está "acertando os últimos detalhes".

Constituinte é ameaça à democracia na Venezuela — Vaticano
A chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, comemorou o que qualificou como um dia de "vitória" na OEA. O encontro aconteceu à margem da Assembleia Geral da organização, em Cancún, no México.

Fenprof garante que greve não afetou exames
Foram muitas as escolas básicas e jardins-de-infância que hoje não abriram portas e foram centenas os conselhos de turma adiados, devido à greve.

Impasse sobre teto de gastos trava recuperação fiscal do Rio
Durante a entrevista, Picciani disse que já havia conversado com Pezão, em 2015, sobre cortes no orçamento e a licitação da Cedae. "É um governo muito despreparado, começando pelo governador, e isso avança muito quando não tem comando", observou.

Outras notícias