Número de mortos em incêndio em edifício de Londres sobe a 17

Londres 6 mortos e pelo menos 50 feridos na sequência de incêndio

As autoridades dizem que o número de mortos pode aumentar pois muitas pessoas podem ter ficado presas no edifício.

"Ao menos 30 pessoas morreram no incêndio", afirmou o comandante da polícia Stuart Cundy.

Depois de confirmar que ainda não foi possível estabelecer a origem do incêndio, referiu que estas equipas especializadas levaram cães para tentar encontrar os desaparecidos, que cifrou "em dezenas", sem conseguir dar um número exato. Segundo a BBC, seriam 76.

O Presidente da República falou nesta quinta-feira com a mãe das duas crianças portuguesas feridas no incêndio no edifício Grenfell, em Londres, que lhe disse que elas estão livres de perigo e apresentam melhoras.

A primeira-ministra Theresa May ordenou um inquérito ao incêndio e o autarca de Londres Sadiq Kahn exige a divulgação de conclusões preliminares já "este verão", rejeitando que o caso se arraste no tempo. Na ocasião, May não conversou com os moradores, que desde 2013 fizeram denúncias de falhas na estrutura do edifício.

O fogo foi totalmente extinto ao longo da madrugada desta quinta, mas os bombeiros continuam fazendo os trabalhos de rescaldo do edifício, e ainda há brasas ardendo nos últimos andares.

O anterior balanço de mortos no incêndio na torre com 24 andares, 120 apartamentos e entre 400 e 600 moradores, tinha sido de 17 vítimas. A morte de seis pessoas em um incêndio em prédio de Londres em 2009 não se traduziu em nada, apesar das promessas.

Reforma Construído em 1974 em North Kensigton, o edifício tinha passado por uma reforma em 2016.

O deputado trabalhista David Lammy, do distrito londrino de Tottenham, postou em sua conta no Twitter uma mensagem solicitando qualquer informação sobre Khadija Saye, uma fotógrafa de 24 anos que vivia no imóvel e teve seu trabalho exposto recentemente na Bienal de Veneza. Os responsáveis pela obra afirmam que todos os padrões de segurança foram rigidamente seguidos, porém especialistas criticaram o tipo de revestimento utilizado na parte externa do prédio.

De acordo com o jornal "The Guardian", já havia preocupação a respeito de um incêndio no prédio em 2012, quando um vistoria constatou que o equipamento contra incêndios não era revisado havia anos.

"Não há até o momento indícios que sugiram que o fogo começou de modo deliberado", disse Cundy, antes de informar que as chamas foram completamente apagadas.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Filtros de óleo Mahle
Os filtros de óleo da Mahle são capazes de manter a quantidade do óleo a todos os momentos. Estes cartuchos são feitos de papel para assegurar que são amigos do ambiente.

Incêndio em edifício residencial em Londres deixa 6 mortos e 50 feridos
Já outra moradora da região, Zara, disse à LBC Radio que viu uma mulher jogando seu filho pequeno do sexto andar. Testemunhas dizem que moradores chegaram a jogar crianças pela janela, na tentativa de salvá-los das chamas.

Acidente com camião e cinco carros faz dez feridos na A7
A informação foi confirmada à TVI por fonte dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde. O acidente deu-se no sentido Vila Nova de Famalicão - Vila do Conde.

Euro sub-21. Reviravolta da Eslováquia frente à Polónia
Só que o fator casa parece só ter funcionado no primeiro minuto já que os eslovacos dominaram quase todo o jogo. Na segunda partida do torneio, a Polónia entrou praticamente a vencer, com um golo de Lipski, aos 53 segundos.

Outras notícias