Obesidade em jovens quase triplicou em Portugal

Dois bilhões de pessoas no mundo sofrem com excesso de peso

A pesquisa foi realizada em 195 países e estuda o período de 1980 a 2015.

Em relação à população adulta, as estatísticas analisadas indicam que a obesidade afeta mais adultos do sexo feminino do que do sexo masculino (22% e 17%, respetivamente), disse à Lusa o especialista do Centro de Biotecnologia e Química Fina da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica.

Em 2015, quatro milhões de mortes foram vinculadas a um Índice de Massa Corporal (IMC) maior que 24,5, o que indica que uma pessoa está acima do peso, ou de 30 ou mais, o que indica obesidade.

Dois bilhões de crianças e adultos ao redor do globo sofrem com problemas decorrentes da obesidade e do sobrepeso - o equivalente às populações da China, dos Estados Unidos, do Brasil e das Filipinas.

Quanto ao pico de obesidade, também na globalidade, este foi observado entre os 60 e 64 anos (nas mulheres) e entre os 50 e 54 anos (nos homens).

Em 2015, das 4 milhões de pessoas que morreram por causa do sobrepeso, 40% não eram consideradas clinicamente obesas.

.

Foi constatado também na pesquisa, que o ganho de peso pode aumentar o risco de adquirir doenças como câncer e cardiovascular.

João Fernandes participa neste projeto internacional, coordenado pelo Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME), da Universidade de Washington, financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates e conta atualmente com cerca de 2.300 colaboradores, desde 2014.

O alerta vem de um estudo publicado na última segunda-feira (12) no periódico The New England Journal of Medicine.

"Aquelas resoluções mais ou menos sérias de Ano Novo para perder peso devem se tornar compromissos para todo o ano", aconselha.

Segundo os dados, a obesidade duplicou desde 1980 para mais de 70 países e aumenta constantemente em todas as outras nações. O Egito é o país com mais adultos obesos, cerca de 35% do total.

Os Estados Unidos têm o maior nível de obesidade entre adultos e crianças (13% da população).

O relatório também mostrou que a taxa de obesidade está aumentando mais rapidamente entre crianças do que entre adultos.

"O excesso de peso é um dos problemas de saúde pública mais desafiadores do nosso tempo, afetando aproximadamente uma em cada três pessoas", afirma Ashkan Afshin, líder da investigação.

As menores taxas de obesidade estão em Bangladesh e no Vietnã.

Os autores destacam a necessidade de uma intervenção para reduzir a prevalência de um alto IMC e suas consequências.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Nova função do Instagram permite arquivar fotos do seu perfil
As imagens escolhidas serão reunidas em uma espécie de feed alternativo e secreto, mantendo o número de curtidas e comentários. Para acessar os posts arquivados, você deve tocar no ícone do arquivo, que aparecerá no canto superior direito do seu perfil.

Demi Moore revela como ficou sem os dentes da frente
Além de Demi Moore , Scarlett Johansson, Kate McKinnon, Jillian Bell, Ilana Glazer e Zoë Kravitz estão no elenco do filme. Ela chegou a ser sexy symbol na década de 90 e foi uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood.

Suspeita de plágio no discurso de Bob Dylan para o Nobel
Segundo a colunista, 20 citações a Moby Dick feitas no discuso do cantor são semelhantes às passagens sobre o romance no site. Bob Dylan tinha seis meses para entregar o discurso , ou perderia o prêmio em dinheiro.

Jamie Oliver oferece refeições às vítimas do incêndio em Londres
Oliver acrescentou ainda que todos os seus "pensamentos, amor e orações" estão com as vítimas, cujo número ainda é incerto pois ainda existem famílias dadas como desaparecidas.

Outras notícias