PF fará varredura nos telefones e gabinete da presidente do STF

4/5Futura Press  Estadão

A PF (Polícia Federal) fará uma varredura nos telefones e gabinetes de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) em busca de grampos e escutas neste fim de semana. Mas essa inspeção, determinada pela presidente da Corte, será realizada após a divulgação de supostos grampos envolvendo o relator da Operação Lava Jato, ministro Edson Fachin.

Na ocasião, o presidente Michel Temer negou a denúncia e a ministra Cármen Lúcia classificou de "inadmissível" qualquer iniciativa nesse sentido. Por sua vez, Cármen Lúcia divulgou nota afirmando que era "inadmissível" uma investigação ilegal da vida do relator da Lava Jato no Supremo pelo governo, caso se confirmasse a informação da revista Veja. "Própria de ditaduras (...), mais gravosa é ela se voltada contra a responsável atuação de um juiz, sendo absolutamente inaceitável numa República Democrática". Mas houve quem considerasse o contrário, que poderia ser mais dura ainda, já que havia todos os indícios de que o telefone de Fachin fora, sim, grampeado.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Filtros de óleo Mahle
Os filtros de óleo da Mahle são capazes de manter a quantidade do óleo a todos os momentos. Estes cartuchos são feitos de papel para assegurar que são amigos do ambiente.

Ministro da Justiça nega troca no comando da Polícia Federal
O ministro, no entanto, não garantiu a continuidade dele. "Informo que a notícia veiculada pela jornalista A.Sadi está correta". A saída de Daiello da PF é apontada como uma possível manobra para interferir na Operação Lava Jato .

Flamengo pode fazer mais uma contratação — Mercado da bola
Isso porque o lateral-esquerdo Miguel Trauco teria recebido uma proposta do futebol europeu e pode estar de saída da Gávea. O Rubro-Negro estipulou a multa rescisória do peruano em cerca de R$ 200 milhões e não quer vende-lo neste momento.

Morte e pancadaria marcam o clássico entre Goiás e Vila Nova
De acordo com informações passada pela Polícia Militar, um torcedor foi morto quando estava indo para o estádio. Na próxima terça-feira (27), o Goiás terá uma parada dura, quando irá até Caxias do Sul encarar o Juventude.

Outras notícias