Rússia não tem confirmação segura da morte de al-Baghdadi — Lavrov

Militantes do Daesh em Mossul Iraque

"Segundo informações que recebemos por diversos canais, o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr Al Baghdadi, estava em uma reunião de chefes da organização, atacada pela aviação russa, e foi morto na ação", disse o ministério em comunicado.

A coalizão internacional liderada pelos EUA afirmou que também não pode confirmar o anúncio de Moscou sobre a morte de Al-Bagdadi. "Além de 30 comandantes de nível médio e cerca de 300 guerrilheiros". A informação é avançada pela agência russa RIA, que cita o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu.

Segundo avança a agência Reuters, o ataque aéreo, que terá vitimado o líder da organização terrorista, terá sido realizado no dia 28 de maio, enquanto o grupo fundamentalista islâmico se encontrava em reunião na cidade síria de Raqqa.

O exército russo enviou drones para o local. A maior parte de Mossul já foi retomada pelas forças iraquianas. Nascido no Iraque e um dos homens mais procurados do mundo.

Não é a primeira vez que há relatos da morte de al-Baghdadi.

Desde então, o Estado Islâmico perdeu uma quantidade considerável de território, assinala a BBC, e tem estado sob pressão dos ataques das forças russas e dos EUA e aliados.

Aos ser questionado pela AFP sobre o tema, Ryan Dillon, porta-voz da coalizão antijihadista, respondeu: "Não podemos confirmar estas informações no momento".

Os EUA também enviaram tropas de suas forças especiais para a Síria, com o objetivo de respaldar as operações terrestres da FSD. Grupo liderado por milícias curdas.

A principal milícia curda na Síria, as Unidades de Defesa Popular (YPG). Em março de 2015 houve notícias de que teria ficado gravemente ferido após um ataque norte-americano, mas as informações insistentes nesse sentido não foram confirmadas.

As autoridades sírias também não confirmaram a suposta morte do líder do "Estado Islâmico".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Trump vai proibir comércio de americanos com empresas ligadas ao Exército cubano
Donald Trump prometeu redefinir a reaproximação americana com Cuba, iniciada em 2014 por seu antecessor Barack Obama, depois de meio século de tensões .

Juju Salimeni descobre traição do marido, Felipe Franco, diz colunista
Porém, segundo informações do colunista Leo Dias , os dois estão passando pela maior crise desde que casaram. A assessoria de imprensa de Salimeni afirmou, de maneira oficial, que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Após Amsterdã e Grécia, Tatá Werneck e Rafael Vitti curtem Paris juntinhos
Tanto home sem coração bom. "Apesar de achar que nenhuma deva aceitar esse tipo de pessoa do lado. Vale lembrar que os dois já passaram por Amsterdã e pela Grécia, antes de desembarcar em Paris.

Mais de 65 mil baianos faltam sacar o PIS
Sendo assim, o valor a ser recebido não é mais 1 salário mínimo e sim proporcional aos meses efetivamente trabalhados. No DF, dos 411.204 trabalhadores com direito ao benefício , 350.767 sacaram um valor que chega a R$ 245,7 milhões.

Outras notícias