'Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil', diz Joesley

Fellipe Sampaio  SCO  STF

"[Temer] Por vezes me ligava para conversar, me chamava, eu ia lá", afirmou.

Loures foi filmado pela PF ao sair de uma pizzaria em São Paulo enquanto carregava a mala com a propina da JBS - 10 mil notas de R$ 50.

"O foco do depoimento foi Temer", disse uma fonte.

Batista também foi interrogado sobre o coronel reformado João Baptista Lima, suspeito de receber propina e pagar despesas de familiares do presidente. Eu acho que eles me dão os 5 milhões.

"O PT mandou dar um dinheiro para os senadores do PMDB". A Polícia Federal faz perícia nos áudios. A polícia suspeita que o coronel atuava como um operador financeiro de Temer, o que pode levar o militar para o centro das investigações sobre corrupção.

Em 7 de março, o empresário gravou uma conversa com Temer no Palácio do Jaburu.

Há expectativa de que na próxima semana o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente ao STF denúncia contra o presidente, que, para ser analisada pelo tribunal, necessitará de autorização do plenário da Câmara dos Deputados.

Segundo pessoas próximas ao empresário, Batista entregou a Janot a íntegra do áudio, sem qualquer modificação.

- A gravação foi entregue na íntegra. Na interpretação da Procuradoria Geral da República (PGR), Temer deu "anuência" a esses pagamentos. E jumento ele não é - disse uma fonte ligada ao empresário.

Sobre o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, a quem se referiu como uma espécie de auxiliar direto de Michel Temer, e o doleiro Lúcio Funaro, que estaria abaixo de Cunha na hierarquia, Joesley foi direto. Interessa ao governo que o processo se dê o mais rápido possível, para encerrar o assunto. "O Rodrigo (Rocha Loures)", indica Temer. "O presidente sabia de tudo", disse. Na delação, o empresário disse que repassou dinheiro para Loures tendo supostamente como destinatário de parte desses recursos o próprio Temer em troca de favores do governo. Temer também teria pedido dinheiro para seu grupo político em 2014. Investigadores avaliam que o ex-assessor, de uma família de empresários que participou da fundação de Curitiba, deve ser punido com dez a 15 anos de prisão, caso condenado. No documento, a tropa de choque de Temer cobrava explicações ao ministro sobre a relação dele com o executivo Ricardo Saud, um dos delatores do grupo J&F, que administra a JBS. Optando, porém, por uma escolha teatral, será incluído em uma lista de escudeiros do presidente que, em sua maioria, ou estão na cadeia, ou nos relatos de delatores por aí, apenas pendurados no foro privilegiado.

No interrogatório, Funaro revelou que foi sondado várias vezes por Geddel.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Flamengo anuncia renovação do contrato de Réver até o fim de 2019
Sendo assim, em junho de 2016, o diretor-executivo de futebol Rodrigo Caetano fechou a vinda do jogador por empréstimo, sem multa. Na última sexta-feira, o Flamengo divulgou a renovação de contrato por mais dois anos e meio com o zagueiro e capitão Réver .

Incêndio em edifício residencial em Londres deixa 6 mortos e 50 feridos
Já outra moradora da região, Zara, disse à LBC Radio que viu uma mulher jogando seu filho pequeno do sexto andar. Testemunhas dizem que moradores chegaram a jogar crianças pela janela, na tentativa de salvá-los das chamas.

Euro sub-21. Reviravolta da Eslováquia frente à Polónia
Só que o fator casa parece só ter funcionado no primeiro minuto já que os eslovacos dominaram quase todo o jogo. Na segunda partida do torneio, a Polónia entrou praticamente a vencer, com um golo de Lipski, aos 53 segundos.

7 marinheiros estão desaparecidos após destróier dos EUA se chocar com cargueiro
A Marinha americana comunicou que um marinheiro foi evacuado de helicóptero, dando a entender que requeria tratamento médico urgente.

Outras notícias