Tony Ramos rompe contrato de R$ 5 milhões após escândalos da JBS

Ampliar imagem

"Anunciei carne porque a consumo". Na época, o ator declarou que acreditava na qualidade dos produtos Friboi. Agora, frente a uma crise institucional provocada pela própria empresa, eu tenho direitos, inclusive contratuais, de rediscutir o cancelamento.

Solange Almeida ganhou cachê menor que grupoPor falar em cachê, a cantora recebeu R$ 200 mil para fazer um show em Euclides da Cunha, no interior da Bahia. Nunca me senti induzindo o expectador a comprar carne. "Com essa delação, há uma crise institucional e, ao mesmo tempo, um incômodo da minha parte em continuar emprestando meu nome, não a um produto, esse não me envergonho, não me arrependo e continuarei a dizer como homem de palavra que sou: anunciei o que eu consumia". "Vejo que nessa confusão enorme de informações, eu não emprestaria mais o meu nome... É simples assim, uma equação de primeiro grau", acrescentou.

O escândalo de corrupção envolvendo a empresa, as delações premiadas de Joesley Batista contra o presidente Michel Temer e a Operação Carne Fraca fizeram o ator decidir encerrar o contrato com a marca.

Procurada pelo InfoMoney, a JBS informou que não irá se pronunciar sobre o assunto.

Em março, o ator já havia indicado que pretendia romper o contrato com o frigorífico, com quem se vinculou durante três anos.

Em contato com a empresa, a redação do Portal Comunique-se confirmou o fim da participação do ator na comunicação da marca. Em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã desta 3ª feira (20.jun.2017), ele confirmou que rompeu o contrato de R$ 5 milhões com a marca.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

CartaCapital: Emprego com carteira assinada sobe pelo segundo mês seguido
Mas o técnico também ponderou que é difícil fazer projeções para o desempenho do mercado de trabalho no ano. As regiões Sul e Norte foram as que mais registraram retração no mercado de trabalho.

Atacante era oriundo de um subúrbio de Paris
Na segunda-feira, um homem chocou intencionalmente contra uma carrinha da 'gendarmerie' francesa (força policial militarizada). França país vive em estado de emergência desde os atentados de Novembro de 2015.

Número de acidentes graves cai 20% nas estradas federais durante feriado
A operação da PRF teve início na quarta-feira (14) e foi encerrada no domingo (18). Já as mortes caíram de 15 no ano passado para 14 neste, segundo a agência.

Google intensifica esforços para bloquear extremismo on-line
Ao clicarem no conteúdo, as pessoas serão redireccionados para páginas e vídeos com mensagens contra o terrorismo e o discurso de ódio.

Outras notícias