Emilly Araújo é flagrada chamando mulher de pobre no Villa Mix Festival

Reprodução  Instagram

A ex-BBB Emily esteve neste fim de semana em Goiânia para participar do festival Villa Mix. Do camarote, a irmã gêmea de Mayla chamou o público da pista de pobre.

"Pobre, pobre! Eu sou rica, rica! Eu sou rica", diz ela que estava em uma área reservada. Um homem tenta conter os berros da estudante.

Nas redes sociais, internautas, sendo alguns seguidores da ex-participante, garantem terem ficado um pouco tristes pela forma como a participação da jovem terminou, elogiando ainda assim a forma emocionada com que Emilly explicou porque se tinha de ausentar. O atacante postou uma foto da ex-BBB ao lado de seu amigo Jô Amâncio, apontado pelo como affair dela. "Meu casal", escreveu o jogador ao postar uma foto de Jô e Emilly. "É sempre gratificante poder ajudar quem tem essa doença e se tratando de crianças, é ainda mais uma responsabilidade de toda sociedade", declarou Emilly na época em que foi convidada para o evento.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Junior Maleck: "FC Porto é o maior clube de Portugal"
Estou ansioso por chegar ao FC Porto e poder mostrar o meu nível. "Assinei por um ano, com opção de compra", começou por dizer. O Santos Laguna anunciou esta segunda-feira a cedência de Junior Maleck ao FC Porto.

Bruno de Carvalho denuncia subornos e corrupção no mercado de transferências
Em entrevista à Bloomberg , o dirigente de Alvalade acredita que o Governo deve atuar de forma mais ativa nestes casos. A situação foi divulgada por Francisco J.

Guillermo Ochoa asegura que 'Tri' tiene futuro alentador
En el intento por desviar un disparo a gol, el examericanista metió la mano dentro del área y le dio la oportunidad a los lusos de disparar desde los once pasos.

Ex-ministro de Temer é preso por obstrução de justiça
Geddel é o quinto investigado por suspeitas de fraudes em recursos administrados pela Caixa a ser preso preventivamente. Vieira Lima "tem atuado no sentido de assegurar que ambos recebam vantagens indevidas", acrescenta o documento.

Outras notícias