Apple caminha para finalizar maior aquisição de sua história

Apple comprando parte da Toshiba

Agora, a companhia da Maçã deverá realizar uma nova compra bilionária, já que ela estaria negociando a compra de parte da fábrica de chips de memória da Toshiba.

A informação foi divulgada pela agência de notícias Bloomberg, mas as empresas citadas não confirmaram e nem negaram o interesse na aquisição.

Segundo o site, a compra seria feita através de um consórcio liderado pela Brain Capital, em que tomaria para si 16% da fatia da japonesa, entrando para o grupo formado por nomes como a Dell e Seagate.

O objetivo da Apple com o negócio é puramente estratégico.

A notícia veio após relatos na semana passada de que a Apple ameaçou parar de comprar os chips de memória flash NAND da Western Digital (WDC) se esta empresa viesse a assumir o controle das operações de chip da Toshiba.

Vale lembrar que a Apple já depende da Samsung no fornecimento de telas OLED para o iPhone X e na fabricação de diversos outros componentes internos dos seus produtos, incluindo processadores.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Melhores momentos de Getafe 1 x 2 Barcelona — LaLiga
Sete minutos depois, porém, em bela finalização do japonês Shibasaki, o Getafe abriu o placar. E a partida terminou empatada por 1 a 1, com ambos os gols saindo na primeira etapa do duelo.

Coreia do Norte ignora sanções da ONU e lança novo míssil
O míssil percorreu uma distância de 3.700 quilômetros e sobrevoou o norte do Japão, antes de cair no oceano. O Hwasong-12 também sobrevoou a ilha de Hokkaido antes de cair no mar.

Pessoas são atacadas com martelo na França
Duas mulheres foram atacadas por um homem com martelo ao final da manhã desta sexta-feira na cidade francesa de Saône-et-Loire. O atacante, que apresentava-se vestido de negro e que gritou "Allah Akbar" (Alá é Grande), conseguiu fugir.

Cunha viaja a Brasília para prestar depoimento sobre desvios no FI-FGTS
O deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) chegou ao IML de Brasília às 18h40 desta sexta (15). Por ordem do juiz federal Sérgio Moro, Eduardo Cunha foi preso em 19 de outubro de 2016.

Outras notícias