Coreia do Norte dispara novo míssil, que sobrevoa Japão

Coreia do Norte dispara novo míssil, que sobrevoa Japão

Anteriormente, a Coreia do Norte havia disparado um míssil Hwasong-12 de médio alcance sobre o Japão em 29 de agosto. O secretário-geral da Casa Branca, general do Marines John Kelly, foi quem informou o presidente, disse a porta-voz Sarah Sanders.

A Chancelaria norte-coreana também rejeitou a resolução, classificando-a de "odiosa provocação destinada a privar a Coreia do Norte de seu legítimo direito à autodefesa e a sufocar seu Estado e seu povo por meio de um bloqueio econômico de grande envergadura".

O premier japonês disse que "é o momento para comunidade internacional se manter unida contra as provocações da Coreia do Norte, que ameaçam a paz mundial" e pediu que se apliquem completamente as sanções impostas ao isolado regime de Kim Jong-un.

O secretário-geral das Organizações das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou nesta sexta-feira (15) que o novo teste balístico realizado pela Coreia do Norte é uma "manifesta violação" das resoluções do Conselho de Segurança.

"A China supre a Coreia do Norte com seu petróleo".

De acordo com Onodera, a Coreia do Norte continuará realizando "ações similares" ao teste desta quinta por causa da resolução contra Pyongyang imposta pela ONU na segunda (11), na oitava rodada de sanções contra o país por seu programa nuclear desde julho de 2006.

"Está claro que um embargo petroleiro total será muito difícil de conseguir por parte do Conselho de Segurança porque só afetaria a China", reconheceu Tillerson durante uma coletiva de imprensa com seu homólogo britânico Boris Johnson, ao fim de uma visita de 24 horas em Londres.

O míssil, feito pela alemã Taurus Systems, tem um alcance máximo de 500 quilómetros e está equipado com caraterísticas de ponta que permitem evitar radares até chegar aos alvos na Coreia do Norte.

Hoje Pyongyang ameaçou "afundar" Japão e reduzir EUA a "cinzas".

Há pouco mais de um mês, o Conselho havia aprovado sanções para privar o regime norte-coreano de um terço de sua receita, o correspondente a US$ 1 bilhão ao ano.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Guardiola volta a elogiar Marco Silva: "É muito bom"
Para Guardiola, Marco Silva "fez um grande trabalho no Hull e é um fantástico treinador". Quem continua a merecer muitos elogios de Pep é. "Treinou no dia anterior ao jogo".

Restaurante de Henrique Fogaça em Pinheiros é alvo de assalto
De acordo com os dados da Polícia Militar, a dupla invadiu o estabelecimento comercial e, durante a ação, colocaram os clientes e funcionários na despensa do restaurante .

Justiça nega habeas corpus aos irmãos Batista, da JBS
Os dois empresários estão presos na carceragem da Polícia Federal em São Paulo , no bairro da Lapa. O crime, conhecido de " insider trading ", teria ocorrido entre abril e 17 de maio deste ano.

Adriano e Filipinho são o Brasil nas quartas do CT de Trestles
A surfista cearense não vencia uma etapa desde Lima, no Peru e com a conquista encerrou um jejum de sete anos. Contra a novata Keely Andrew, a veterana manteve a invencibilidade e voltou a sentir o sabor da vitória.

Outras notícias