F1: Carlos Sainz Jr. não comenta possível mudança

Renault garante Sainz e desencadeia um complexo efeito domin

A 'Silly Season' - ou o período louco das transferências - da Fórmula 1 já está a agitar o 'paddock', sendo que a mudança de Carlos Sainz Jr para a Renaut é a mais recente novidade.

Fontes próximas à parceria confirmaram ao Motorsport.com que a McLaren entrou em um acordo de três anos com a Renault.

Carlos Sainz Jr. deve fazer a sua última corrida pela Toro Rosso, este fim de semana, em Singapura.

O acordo McLaren-Renault ajudou a aproximar Fernando Alonso da assinatura de uma extensão potencialmente plurianual para seu contrato original com a McLaren, que ia de 2015 a 2017. O espanhol há tempos negociava com os franceses, mas tinha dificuldades em conseguir sua liberação dentro do programa de jovens pilotos da Red Bull. O site Autosport publicou recentemente que Sainz poderia estrear na Renault, no lugar de Jolyon Palmer, já no GP da Malásia, que será realizado duas semanas depois da etapa deste final de semana, em Cingapura.

Estas mudanças todas estão envolvidas no divórcio da McLaren e da Honda, com a equipa britânica a usar motores Renault a partir de 2018 e a Toro Rosso a ficar com motores da marca japonesa. O espanhol da Toro Rosso já tinha manifestado a sua intenção de mudar de equipa, dada a impossibilidade de evoluir para a Red Bull Racing, uma vez que esta irá continuar a contar com os serviços de Daniel Ricciardo e Max Verstappen.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Tribunal Constitucional de Angola decide sobre recursos dos resultados eleitorais
No final da tarde de hoje, está previsto o pronunciamento do presidente do Tribunal Constitucional, Rui Ferreira, sobre as eleições gerais de 23 de agosto.

Dois irmãos esfaqueados junto ao Campo Pequeno, em Lisboa
O alerta foi dado às autoridades às 00h20 e o suspeito ainda está em fuga, não tendo sido intercetado. O ferido, de 38, sofreu ferimentos graves e encontra-se internado no Hospital Santa Maria.

Avião da FAB resgatará brasileiros no Caribe
A princípio, o Itamaraty tentava negociações com o Reino Unido para parar o avião também na ilha de Tortola. Lá, trabalham em uma força-tarefa para prestar assistência aos cidadãos brasileiros.

Juventude bate o Criciúma e entra no G-4
Na segunda etapa, os carvoeiros voltaram ainda mais no ataque e empataram o confronto aos 18 minutos, com gol de Lucão de cabeça. O Criciúma luta neste meio de semana por mais uma vitória pelo Campeonato Brasileiro da Série B .

Outras notícias