Greve ainda não afeta atendimento no CE — Correios

Correios e Findect chegam a uma proposta de acordo

87,9% dos funcionários da empresa no Estado seguem trabalhando.

Os correios terão 48 horas para apresentar esclarecimentos sobre um plano de ação para a continuidade dos serviços. A informação foi confirmada ontem pela empresa. Segundo a estatal, todas as agências, inclusive as dos estados que aderiram a greve, estão abertas e com todos os serviços disponíveis.

Neste fim de semana, os Correios vão realizar mutirões para colocar em dia a entrega de cartas e encomendas nas localidades em que há paralisação parcial, como é o aso de Curitiba. Os Correios afirmam que o movimento está concentrado na área de distribuição. "No primeiro dia fica sempre um esperando pelo outro, mas provavelmente eles devem aderir à paralisação nos próximos dias".

Seguindo orientação da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios (FENTECT) a assembleia realizada em Campo Grande na noite de terça, 19/09, deliberou pela adesão à paralisação nacional da categoria. O movimento deve atingir as agências de todo Estado e por tempo indeterminado. Das 43 agências em Fortaleza, 31 tiveram o atendimento afetado de acordo com Santiago.

Helton Renê acrescenta que "não vamos entrar no mérito do movimento grevista, até porque respeitamos o direito de todos os trabalhadores a reivindicarem suas melhorias, mas, nós, enquanto órgão de defesa do consumidor, temos a obrigação de cuidar para que os direitos desses cidadãos sejam preservados". O motivo seria o atraso no início das negociações salariais, redução de direitos e benefícios da categoria.

Um dos motivos para a interrupção dos trabalhos foi o fechamento de algumas empresas pelo Brasil, envolvendo os trabalhadores, induzindo suas demissões voluntárias, cortes de investimentos, demissão por motivo de crise, falta de custo público, privatização, troca de planos de saúde e cessação de férias. "Essas medidas retiram não somente a qualidade do serviço para a população, mas prejudicam quem trabalha nos Correios". E também não falam em concursos públicos. A última seleção para empresa ocorreu em 2011.

O levantamento parcial da empresa no País mostrou que 93,17% do efetivo total dos Correios estão presentes e trabalhando - o que corresponde a 101.161 empregados.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Coreia do Norte: explosão pode ter causado terremoto
Se este for mais um teste em Pyongyang, já é o sétimo teste que o país norte-coreano promove. Tratou-se do sexto ensaio nuclear do regime de Pyongyang e o mais potente.

A volta de Vadão à Seleção Feminina do Brasil
No final de 2016, Emily conquistou com a seleção o Torneio Internacional de Manaus, vencendo a Itália na decisão. Saio de cabeça erguida, sabendo que toda a comissão técnica trabalhou e fez um trabalho diferente .

James Cameron confirma Linda Hamilton em novo 'Exterminador do futuro'
Connor fica sabendo que no futuro, as máquinas tomaram conta de tudo e que ela é a mãe do líder da resistência humana. Há homens de 50 anos, de 60 anos de idade, lá fora, matando maus, mas não há um símbolo disso para as mulheres.

No STF, habeas corpus de Joesley será decidido por Gilmar Mendes
Mais cedo, a PF indiciou dupla de empresários por manipulação de mercado com uso de informação privilegiada. O TRF-3 também havia negado habeas corpus aos irmãos Batista na semana passada.

Outras notícias