Justiça do DF suspende acordo de leniência da J&F

Polícia Federal

O juiz Vallisney de Souza, da 10ª Vara Federal de Brasília, suspendeu nesta segunda-feira a homologação do acordo de leniência firmado entre o grupo J&F e a Procuradoria da República no Distrito Federal.

De acordo com o MPF, a medida atinge possíveis repercussões penais que podem, com o avanço das investigações, atingir pessoas ligadas ao grupo que não integram a lista de colaboradores, relacionados no acordo de colaboração já homologado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Na última sexta-feira, o juiz homologou a leniência - acordo celebrado pela pessoa jurídica com a ressalva de que eventual nulidade da delação dos executivos do grupo pode afetar o acordo da empresa.

Mas, quando reviu sua decisão, disse que, com a prisão de Joesley Batista, dono da JBS, e Ricardo Saud, lobista do grupo, "o MPF indica a iminente ruptura" da leniência. A decisão de retirar a validade do acordo ocorreu após um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que recebeu um áudio que revela omissão nos depoimentos prestado pelo empresário Joesley Batista. Ele apontou que o acordo de delação "sustenta" o acordo de leniência da empresa. Por isso, a homologação foi feita pelo juiz da 10ª Vara de Brasília.

Eduardo Cunha verhaftet

O acordo de delação dos executivos da J&F foi suspenso no fim de semana, por determinação do ministro Edson Fachin.

O juiz da 10ª Vara considerou que os "fatos supervenientes possuem repercussão imediata" na leniência, considerando situação de "insegurança jurídica" caso o acordo passasse a produzir efeitos.

O acordo de leniência foi firmado com a Procuradoria da República no Distrito Federal e prevê pagamento, pela holding, de R$ 10,3 bilhões como multa e ressarcimento mínimo pelos crimes cometidos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Star Wars: Episódio IX - Rian Johnson não quer assinar direção
Mas o diretor revelou que não tem envolvimento - e nunca teve - com o último filme da terceira trilogia da saga. Bastou a saída de Colin Trevorrow da direção de Star Wars - Episódio IX para as especulações começarem.

Stan Lee já gravou participações para os próximos cinco filmes da Marvel
Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal ! Segundo ele, certa vez Lee foi abordado por um fã, enquanto estava em seu carro.

Santander Cultural explica cancelamento de exposição após protestos nas redes sociais
São assinados por 85 artistas, como Adriana Varejão , Cândido Portinari, Ligia Clark, Yuri Firmesa e Leonilson . A mostra reunia pinturas, gravuras, fotografias, colagens, esculturas, cerâmicas e vídeos.

Lula é denunciado sob acusação de corrupção passiva enquanto era presidente
O destino do dinheiro, segundo a investigação , seria o custeio de campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores (PT). Esta é a segunda denuncia contra Lula motivada por ação no âmbito da Operação Zelotes .

Outras notícias