Marca japonesa diz ter carro mais rápido que o Bugatti Chiron

Bugatti Chiron 42 Seconds Edition Frankfurt 2017

Apresentado em fevereiro de 2016 no Salão de Genebra, o Chiron acaba de conquistar a marca de aceleração mais rápida de zero a 400 km/h, seguida por frenagem até a imobilidade, justamente no tempo de 42 segundos - mais precisamente, em 41,96 segundos. Totalmente elétrico e com tração integral, o Owl (coruja, em inglês) tem "só" 435 cv e 77,9 kgfm de torque. Na verdade, a conquista é apenas um ensaio para o recorde realmente almejado pela Bugatti, que a montadora francesa pretende anunciar em 2018: o de carro produzido em série mais veloz do mundo, título obtido pelo Veyron, antecessor do Chiron, em 2010, com a versão Super Sport, que cravou 431,07 km/h. O Chiron precisa de 2,5 segundos. Com 4,83 metros de comprimento, é 30 cm mais longo que o modelo francês. Os pneus dianteiros tem medidas 275/30 R19 e os traseiros são maiores, 335/30 R20. Um número que parece limitado é mesmo a autonomia da bateria que se esgota aos 150 km com uma carga.

Bugatti Chiron 42 Seconds Edition Frankfurt 2017
Bugatti Chiron 42 Seconds Edition Frankfurt 2017

Já na velocidade máxima, o Owl decepciona: atinge "apenas" 280 km/h, bem menos que os 420 km/h do Chiron. Ainda assim, serão poucos os lugares onde tamanha velocidade possa ser testada em competição directa ao contrário do arranque, onde a Aspark promete humilhar a Bugatti.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Separatistas manifestam-se esta segunda-feira no Dia da Catalunha
A determinação das autoridades é que, se os prefeitos se negarem a comparecer perante a Justiça, os Mossos d'Esquadra (policiais regionais catalães) deverão detê-los.

Sem surpresas, Mercedes renova contrato de Bottas para 2018
Para o dirigente, o finlandês não é apenas um segundo piloto da equipe, mas também um forte candidato ao título da temporada.

Creators Update do Windows 10 terá mais configurações de privacidade
Ficará mais fácil entender o que isso significa clicando em "saiba mais": haverá uma explicação clara de cada item. Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Também: Veja mais dicas e tutoriais sobre Windows 10 .

PDV de servidores: governo abre programa de demissão voluntária de funcionários públicos
Para os que aderirem à redução de jornada , há duas opções: migrar de 40 horas semanais para 20 horas ou para 30 horas semanais. A portaria veda a participação dos ocupantes dos cargos de perito médico previdenciário e supervisor médico pericial do INSS.

Outras notícias