O que mais gosto na minha mãe é o facto de estar morta

O que mais gosto na minha mãe é o facto de estar morta

Os últimos meses têm sido difíceis para a cantora irlandesa Sinead O'Connor. Desta vez, a atriz volta a dar que falar com declarações surpreendentes sobre a mãe.

"Estou farta de ser definida como uma pessoa louca, a sobrevivente de abuso infantil", diz a artista em vídeo teaser da entrevista.

Sinead revela ainda que a mãe tinha uma câmara de tortura e que se sentia bem em fazer sobrer os outros.

De acordo com o excerto do programa entretanto divulgado, a intérprete do tema "Nothing Compares 2U", composto por Prince e que se tornou um êxito mundial em 1990, conta ainda que é uma "suicida", e que num só ano tentou tirar a sua própria vida por oito vezes.

O novo episódio será transmitido amanhã, 12 de setembro e é nele que Sinead afirma "acabou a Sinéad O'Connor". "Essa pessoa já não existe", justifica.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Stan Lee já gravou participações para os próximos cinco filmes da Marvel
Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal ! Segundo ele, certa vez Lee foi abordado por um fã, enquanto estava em seu carro.

Investigadores criam algoritmo que identifica a orientação sexual
Entre as mulheres, mandíbulas maiores e frontes menores sinalizam a homossexualidade. As fotografias foram retiradas de um site de relacionamentos público .

Petrobras anuncia venda de fábrica de fertilizante em MS
O processo de venda dos ativos faz parte da estratégia da estatal de arrecadar US$ 21 bilhões até o ano que vem. De acordo com a agência, as vendas fazem parte do Plano de Negócios e Gestão 2017-2021 da Petrobras .

Santander Cultural explica cancelamento de exposição após protestos nas redes sociais
São assinados por 85 artistas, como Adriana Varejão , Cândido Portinari, Ligia Clark, Yuri Firmesa e Leonilson . A mostra reunia pinturas, gravuras, fotografias, colagens, esculturas, cerâmicas e vídeos.

Outras notícias