Preço médio da gasolina sobe e atinge recorde no ano — NOSSO BOLSO

Gasolina ficou mais cara na semana passada e atingiu maior valor do ano

Em relação ao etanol, o preço médio por litro vendido para o consumidor foi de R$ 2,612 na semana pesquisada, atingindo valor de R$ 2,265 na distribuidora. A pesquisa também levou em consideração postos de gasolina em Alta Floresta, Rondonópolis e Sorriso, onde eram cobrados respectivamente R$ 4,20, R$ 3,89, e R$ 4,06. No dia 7 de agosto, o litro mais caro custava R$ 3,99, e no início dessa semana bateu nos R$ 4,19.

Na média nacional, a alta na semana passada nos postos foi de 1,91%, para R$ 3,850 o litro. Apresenta elevação de 5,8% em um mês. Já o litro de diesel chegou pelo preço médio de R$ 3,150 nos postos de combustível e à distribuidora por R$ 2,759.

Uma das causas das mudanças nos preços são os furacões que atingiram os Estados Unidos e Caribe na semana passada afetando a produção de petróleo no Golfo do México o que pressionou os preços dos derivados de petróleo, como a gasolina, para cima em todo o mundo. Apenas nos postos do Acre, do Ceará, de Mato Grosso e de Roraima pesquisados pela ANP houve recuo nos preços entre os períodos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Nintendo voltará a produzir o NES Classic
Se não vai haver problemas de abastecimento, porque o SNES Classic Edition deve chegar ao Brasil custando tão caro? Assim, uma nova onda de produtos devem chegar as lojas no fim deste mês.

Quase 3,5 milhões sem eletricidade na Flórida — Furacão Irma
O condado com maiores cortes de energia é Monroe, onde ficam os cayos e uma parte do litoral do sudoeste, com 85% dos clientes sem fornecimento.

Metade dos alunos entre o 10º e 12º anos chumba pelo menos uma vez
Os primeiros alunos abrangidos pela escolaridade obrigatória até aos 18 anos chegaram ao fim do 12.º ano no ano letivo 2014/2015. O único indicador onde Portugal se destaca positivamente é na conclusão do ensino secundário por maiores de 25 anos.

Vale tem interesse em usinas da Cemig via Aliança
A participação na licitação, se aprovada, se daria por meio da Aliança Energia, uma joint venture entre a mineradora e a Cemig na área de geração de eletricidade, disse a Vale em nota.

Outras notícias