Preso, Eduardo Cunha sairá do Paraná e passará 9 dias na Papuda

Cunha terá permissão de ficar na Papuda no período entre 18 e 26 de setembro- AFP  ARQUIVO

O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha será transferido temporariamente para o presídio da Papuda, no Distrito Federal, na semana que vem.

Em Brasília, Cunha será interrogado em uma ação derivada da operação Sépsis.

A decisão foi do juiz federal Vallisney Oliveira, atendendo a pedido dos advogados do ex-presidente da Câmara. Ele responde por supostas liberações irregulares de valores no FI-FGTS (Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). A oitiva de Cunha está agendada para o próximo dia 22 de setembro.

Há algumas semanas, a defesa do peemedebista chegou a solicitar sua transferência definitiva para Brasília. Ele estará autorizado a permanecer no presídio na capital federal até o dia 26.

Cunha está preso em Curitiba, por ordem do juiz Sérgio Moro, desde 19 de outubro de 2016.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

"Liga dos Campeões motiva-nos" — Valverde
Temos de os pressionar bem. "Será um jogo intenso", perspectivou o técnico do Barcelona , que sucedeu a Luis Enrique este defeso. De fora ficam Aleix Vidal, Lucas Digne e Vermaelen, por opção técnica, além dos lesionados Paco Alcácer, Arda Turan e Rafinha.

Em jogo equilibrado, Atlético-GO e Bahia empatam pelo Brasileirão
No entanto, na melhor jogada do atacante, a bola ficou na trave antes do árbitro assinalar impedimento. Além de comentar sobre a postura do time, Preto elogiou as entradas de Edigar Junio e Allione.

Janot é visto com advogado de Joesley em boteco de Brasília
Não tratamos de qualquer questão outra ou afeita a temas jurídicos", disse o advogado ao site . As informações são do site O Antagonista .

Categoria reduzida para 2 na passagem pela Florida — Furacão Irma
O ministro do Interior da Holanda, Ronald Plasterk, afirmou que saques foram reportados na parte holandesa de St. Trezentas mil pessoas estão sem energia elétrica na região do Caribe, de acordo com a rede CNN .

Outras notícias