Quadrilha usava nomes de mortos para fraudar benefício do INSS no Piauí

PF deflagra operação para combater fraudes previdenciárias no Piauí

A Polícia Federal do Piauí deflagrou, na manhã desta terça-feira (12), a operação Tripla Face. A ação teve início por volta das 5h e estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em Teresina, especificamente nos bairros Morada do Sol, Aeroporto e Jóquei. "O prejuízo foi de 250 mil em um benefício, ele está totalmente comprovado. Há indícios de fraude no recebimento de pelo menos outros 23 benefícios previdenciários", informa a nota.

O delegado Sobral ainda assegurou que não tem nenhum servidor do INSS envolvido na fraude. "O suspeito é de Teresina", finalizou. Os mandados foram expedidos pelo juiz da 3ª Vara Federal de Teresina/PI, que também determinou o bloqueio das contas dos investigados.

Os crimes cometidos pelos infratores são de Estelionato Previdenciário, Associação Criminosa, Falsidade Ideológica e Uso de Documento Falso.

Com a desarticulação do grupo criminoso e a suspensão dos benefícios fraudados, a Polícia Federal calcula ter evitado um prejuízo futuro aos cofres públicos de aproximadamente R$ 15,6 milhões.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Facebook testa perfil privado para usuários
O desenvolvedor encontrou a seguinte frase ao clicar na opção "É melhor compartilhar determinadas coisas em um círculo pequeno". O Facebook parece estar testando uma nova funcionalidade na versão beta do aplicativo para Android.

Peru expulsa embaixador da Coreia do Norte em retaliação a teste nuclear
O ministro das Relações Exteriores peruano, Ricardo Luna, disse que a decisão está fortemente enraizada no direito internacional. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Aflita na qualificação, Argentina vai voltar à Bombonera — Mundial
Além do Peru, a Argentina encerra sua participação contra o Equador, no dia 10 de outubro, na cidade de Quito. Na quinta colocação do Qualificatório, a albiceleste encontra-se na zona de repescagem.

Professor suspeito de abuso sexual de aluna menor
Segundo a PJ, o detido tem 49 anos e é suspeito da prática de "vários crimes" de abuso sexual da menor em causa. Não existem comentários para este artigo.

Outras notícias