Temer garante obras e se aproxima do presidente da CPI da JBS

Em dia de chegada de Joesley a Brasília, parlamentares se mobilizam em torno da CPI da JBS

Em um áudio vazado, Joesley e Saud apontariam crimes não relatados aos procuradores no processo de delação. Os executivos foram presos preventivamente devido aos fatos. O deputado afirmou que começará os trabalhos já na tarde desta terça. Então, me sinto completamente à vontade e tranquilo para o exercício dessa relatoria. Tenho uma relação estreita com o governo.

"Não desejo a espetacularização da CPI, não desejo a transformação dela em palanque eleitoral e desejo que apresente as respostas que a população quer saber: porque teve tantas facilidades junto ao BNDES, se as suas dívidas previdenciárias têm justificativas e as circunstâncias do acordo de delação, que está sofrendo todo tipo de contestação", afirmou Marun.

Além da defesa jurídica, Temer faz articulações para fustigar delatores e seus parceiros, na CPI da JBS, com requerimentos de informações e pedidos de quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico. Afinal, deu prejuízo pro banco ou não deu? "O PMDB é o protagonista da escolha por ser o maior partido na Câmara e é o nome indicado do partido e, como é costumeiramente aqui, que a proporcionalidade fica com a presidência ou relatoria, então eles indicaram o nome de Carlos Marun", explicou Ataídes. Um dos alvos do Planalto será o ex-procurador Marcello Miller, que não teve a prisão decretada pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, apesar do pedido de Janot.

A comissão foi instalada no último dia 5 e tem como presidente o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), e o vice-presidente, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), além de Medeiros como um dos membros.

Antes mesmo da escolha, ao ser questionado sobre a independência do parlamentar, já que Marun é apontado como defensor de Temer, o presidente disse que não pretende brigar com o PMDB. Disse que 3 nomes estão cotados: Carlos Marun (PMDB-RS), Fernando Francischini (SD-PR) e Hugo Leal (PSB-RJ). Requerimentos de convocação devem ser votados terça-feira, 12, quando será escolhido o relator da CPI.

Dentre as pessoas listadas para serem ouvidas na CPI, segundo o presidente, estão os irmãos Joesley e Wesley Batista, além do executivo do grupo Ricardo Saud, e do ex-procurador da República, Marcelo Miller, sobre quem recai a suspeita de ter trabalhado pelos interesses da empresa enquanto ainda integrava a procuradoria.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Zidane aliviado por poder contar com Cristiano Ronaldo
Está muito bem fisicamente e, apesar do que se tem falado, está muito bem mentalmente. "Poder jogar com Cristiano de início é sempre positivo".

Paulinho brilha na Luz e renova com Portimonense — OFICIAL
Formou-se no Bahia, jogou em três clubes espanhóis (Córdoba, Cadiz e Eldense) e ainda no Sp. Paulinho, 23 anos, cumpre a segunda temporada em Portimão.

Nova Chance: Vídeo mostra a nova sede de A Fazenda
A nova "Fazenda" deixou Itu, no interior de São Paulo e migrou para uma nova casa em Itapecerica da Serra, na Grande SP. O programa já começará em clima de tensão, pois a estreia será marcada por quatro eliminações.

Benfica intenta providência cautelar para calar o FC Porto
Segundo o JN, a juíza que está a analisar o caso quer ouvir as explicações do FC Porto antes de tomar uma decisão. Exige um milhão de euros em caso de divulgação.

Outras notícias