Villas-Boas diz que Guangzhou criou acidentes para atrasar sua equipe

Shanghai SIPG e Guangzhou Evergrande se enfrentaram na última terça

O Shanghai SIPG garantiu esta terça-feira a presença nas meias-finais da Liga dos Campeões Asiática.

A copiosa derrota por 5-1 não impediu, porém, o conjunto de Villas-Boas de prosseguir em prova, já que na primeira mão o Shanghai GIPS vencera por 4-0.

André Villas-Boas apurou o Shanghai SIPG para as meias-finais da Champions Asiática - onde vai defrontar os japoneses do Urawa Red Diamonds -, eliminando o Guangzhou Evergrande de Luiz Felipe Scolari mas, além de ter acusado os chineses de provocar acidentes rodoviários para atrasar o adversário no caminho para o estádio, indicou ainda que a equipa de Scolari beneficiou de uma diferença de tratamento dentro das quatro linhas.

- Nós viemos aqui no ônibus para este jogo e os mesmos dois carros separadamente se envolveram em três acidentes na nossa frente. O treinador reclamou da ação da arbitragem nas duas partidas, além do tribunal disciplinar. Segundo o português, o time dirigido por Felipão teria tentado atrapalhar a viagem do Shanghai ao jogo, para atrasar a chegada do ônibus ao estádio e a maneira como isto teria sido feito é extremamente inusitada. "Parecia que só um clube poderia dominar o futebol na Ásia, sem olhar a meios, bloqueando hotéis e provocando falsos acidentes", referiu ainda o português. Além disso, mostrou um cartão amarelo ao nosso guarda-redes durante a marcação dos penáltis, o que foi uma desgraça.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Governo espanhol recorre à Justiça contra aprovação de lei catalã para separação
Na quinta-feira, o Tribunal Constitucional da Espanha suspendeu o plebiscito em resposta a uma contestação legal do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy.

Marcelo é suspenso por dois jogos na La Liga
O lateral esquerdo brasileiro, de 29 anos, irá amanhã marcar presença frente à imprensa para falar desta renovação. Desde então somou 415 jogos pelo conjunto espanhol onde já venceu praticamente tudo o que há para ganhar.

"Vitória pode começar bem a Liga Europa" — Armando Evangelista
Esta é uma prova que não precisa de treinador para motivar os jogadores. O fator experiência não acho que vá ser determinante", afirmou Martins.

Abel Ferreira chama 21 jogadores para o embate com o Hoffenheim
Além de Dyego Sousa , também o guardião Tiago Sá foi chamado para a receção ao conjunto alemão. O avançado, castigo nas provas internas até outubro, volta a ser opção para os jogos europeus.

Outras notícias