Apple iPhone X já está disponível para pré-encomenda

Notícias      Nova geração do iPhone chega custando até R$7 mil no Brasil
     
     
       Por Thalisson Teixeira-        25 de outubro de 2017       259

Quem quiser adquirir o iPhone X precisa desembolsar 999 dólares nos Estados Unidos. O novo dispositivo da empresa de Cupertino promete trazer uma nova ideologia aos terminais da empresa. O período de pré-compra já começou mas é bom que esteja disposto a esperar porque não há garantias que tenha o próximo smartphone da Apple nos próximos tempos.

Hoje a história, no meu caso, não foi o mesmo.

Depois do iPhone 8 e do iPhone 8 Plus já estarem à venda, chegou a vez do terceiro iPhone chegar às prateleiras.

Depois de finalizar a compra um simples refresh na página mostrou que a data tinha sido alterado para 4 a 5 semanas e neste momento está a 5 a 6 semanas.

Vamos aguardar a chegada do iPhone X para conferirmos como será a demanda pelo novo dispositivo da Apple, o iPhone X, Já que os números da fabricante com vendas não andam lá muito bem com a pouca demanda pelo iPhone 8. Mas deixa-me a questionar se as pré-vendas foram assim tantas ou se os rumores de problemas de produção eram verídicos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Fifa reconhece Grêmio como Campeão Mundial em 1983
A Fifa reconheceu que clubes vencedores do antigo Intercontinental de clubes são, também, campeões mundiais. Em agosto, a Conmebol afirmou com exclusividade ao R7 que já reconhecia os clubes como campeões do mundo.

Frente Comum: "Há coisas que o governo não faz porque não quer"
A primeira realizou-se a 29 de janeiro de 2016 e teve como mote principal o regresso do horário semanal às 25 hortas. Os trabalhadores do estado não aceitam o descongelamento faseado das carreiras e querem aumentos salariais.

Barcelona planeja contratar Mina, do Palmeiras, em janeiro, diz jornal
Com prioridade para contratar o zagueiro colombiano Mina, do Palmeiras , o Barcelona trabalha para levá-lo em janeiro. Os dois são franceses, assim como Umtiti , e têm o perfil que o Barcelona procura.

Rússia vetou o prolongar das investigaçãos aos ataques químicos na Síria
Aí, os autores dizem estar "confiantes de que a República Árabe da Síria é responsável pelo lançamento de sarin em Khan Sheikhun". Em 2013, como consequência de um acordo entre Rússia e EUA, a Síria aceitou destruir seu arsenal químico após vários ataques.

Outras notícias