Demanda máxima de energia pode cair 4% com horário de verão — Cemig

Demanda máxima de energia pode cair 4% com horário de verão — Cemig

O Horário de Verão vai começar na madrugada deste sábado (14) para domingo (15) em 11 estados brasileiros.

Segundo o governo federal, a ideia é que as três regiões aproveitem o máximo de luz solar, para economizar energia elétrica, até o dia 18 de fevereiro de 2018, quando acaba oficialmente o horário de verão. A mudança irá acontecer no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Ainda assim, o engenheiro de planejamento energético da Cemig, Wilson Fernandes Lage, defende que a medida tem como objetivo aumentar a segurança da operação do sistema elétrico brasileiro e salienta que a alteração do horário não tem relação com o aumento do consumo de energia decorrente das altas temperaturas. Com mudanças no perfil de consumo, os horários de pico de uso de eletricidade passou para o período da tarde, quando mais aparelhos de ar condicionado são ligados.

"A avaliação é que, sob a perspectiva do setor elétrico, o horário de verão não se justifica", havia dito o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino.

O ONS aponta que no horário de verão praticado em 2016/2017 a economia foi de R$ 159,5 milhões, valor abaixo período de 2015/2016, que foi de R$ 162 milhões. Essa questão levou o governo a discutir o cancelamento do horário de verão neste ano, mas a falta de tempo hábil para fazer uma consulta à população sobre o assunto adiou a decisão. Além disso, com os reservatórios da hidrelétricas com níveis baixos níveis de armazenamento, qualquer economia é bem vinda pelos agentes do setor.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Rivais palestinos Fatah e Hamas assinam acordo de reconciliação no Cairo
Com o acordo , Abbas poderá retirar "muito em breve" as sanções financeiras adotadas em 2017 para forçar o Hamas a negociar. O secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou Mahmud Abbas pelo acordo de reconciliação.

Estuprador que se passava por policial é reconhecido por 14 vítimas
O homem estava esperando o carro sair do estacionamento e, do meio da rua, encostou o falso distintivo no vidro do carro. De acordo com os policiais, o homem foi detido portando um distintivo falso e uma arma de brinquedo.

Família sequestrada no Afeganistão em 2012 é libertada pelas forças paquistanesas
A família está agora em território paquistanês, enquanto as autoridades tratam do seu regresso aos Estados Unidos ou ao Canadá. A informação da libertação foi inicialmente avançada pelo Exército paquistanês e confirmada entretanto pelos Estados Unidos.

Soares falha jogo da Taça de Portugal
Agora, para ganhar esta competição é preciso ultrapassar obstáculos e o maior obstáculo é já o próximo. O Reyes segue, como todos os outros, um plano específico, com apoio de fisiologistas, nutricionistas.

Outras notícias