Dois PMs são baleados na Rocinha e mulher espanhola é morta

Dois PMs são baleados na Rocinha e mulher espanhola é morta

Uma turista espanhola morreu baleada pela Polícia Militar, no Rio de Janeiro, após o veículo no qual ela estava ter furado o bloqueio de uma blitz realizada na manhã desta segunda-feira (23/10) na Favela da Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo as primeiras informações da PM, ela fazia parte de um grupo de cinco turistas que não obedeceu à ordem da Polícia Militar para deixar o local. Tendo só posteriormente abordado os ocupantes da viatura e percebido que eram turistas. Os dois foram levados para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, zona sul do Rio. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017. Um deles, identificado apenas como Thiago, foi ferido de raspão na cabeça e o outro, identificado como Xavier, no tórax. Policiais militares do 14º BPM (Bangu) que estão reforçando o patrulhamento na Rocinha foram deslocados para a Rua Timóteo da Costa, no Alto Leblon, e estão baseados em frente ao Clube Federal.

De acordo com o aplicativo Onde Tem Tiro, também foram ouvidos tiros nas comunidades Chácara do Céu e Vidigal, que ficam na região da Rocinha. Ele foi reconhecido por agentes do Batalhão de Choque como um dos envolvidos na troca de tiros.

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança lamentou a morte da turista e informou que acompanha a apuração dos fatos junto à Corregedoria da PM e à Divisão de Homicídios, que investiga o caso.

Confrontos também aconteceram no domingo (22), na mesma localidade conhecida como 199, segundo o Comando de Polícia Pacificadora.

Policiais levaram os dois PMs e um criminoso para serem socorridos no Hospital Miguel Couto.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Vídeo: cachorro de Macron faz xixi em lareira durante reunião ministerial
As câmaras estavam a filmar os momentos iniciais da conversa quando... Nemo não é o primeiro cachorro a morar no palácio do Eliseu. O momento foi captado pela câmara da TF1 e da LCI.

Macri ganha eleição legislativa na Argentina
As eleições irão definir a correlação de forças para os próximos dois anos de Macri e para a coalizão governamental "Cambiemos". Como parlamentar, ela garantiu a imunidade, num momento em que é acusada de corrupção, em oito processos judiciais diferentes.

Ciclista da ONG Rodas da Paz é atropelado e fica gravemente ferido
De acordo com o Departamento de Trânsito (Detran-DF), Brasília vive um 2017 bem menos violento, em relação ao ano passado. O motorista do veículo continuou no local depois do atropelamento e foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.

Presidente de Veneto reclama vitória por mais autonomia face a Roma
Passada desapercebida por muito tempo, a consulta popular ganhou interesse após a crise na Catalunha. Com 78% da apuração realizada, ontem à noite, o "sim" vencia com 98,1% dos votos.

Outras notícias