Ford Ka e Ka+ zeram testes de colisão do Latin NCAP

Ford Ka e Ka+ zeram em novo teste de colisão do Latin NCAP

O Ford Ka, terceiro carro mais vendido no país, recebeu nota zero no critério de proteção para adultos e nota três no quesito proteção para crianças nos testes de segurança de impacto lateral realizados pela Latin NCAP (Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe). Também avaliados desde o início de 2016, os Fiat Mobi e Palio (uma estrela) e Peugeot 208 (duas estrelas) tiveram desempenho um pouco superior, mas ainda longe do ideal. Os últimos testes feitos pela Latin NCap em relação ao desempenho de segurança do modelo acabou rendendo uma nota zero no chamado teste de colisão. Porém, o Latin NCAP fez agora o teste de impacto lateral.

Submetido ao teste do Euro NCAP, o Ka ganhou três estrelas (de um total de cinco), sendo avaliado com um percentual de proteção de 73% para adultos e 61% para crianças.

O Ka zerou a nota para adultos justamente no impacto lateral, segundo o órgão, por "mostrar altos níveis de lesões no peito do ocupante adulto, penetração profunda do pilar B no habitáculo e abertura da porta". De acordo com o Latin NCAP, o Ka não proporciona dispositivos de absorção de energia de impacto lateral em sua estrutura e nem no painel interior nas portas.

O Ford Ka vendido no Brasil é mais um modelo a ser reprovado pelo teste de colisão do Latin NCAP depois que as avaliações ficaram mais rigorosas em 2015.

"A falta de interesse na segurança por parte de alguns fabricantes em seu afã de vender mais unidades é inaceitável e deve parar".

Segundo Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP, o mercado da América Latina merece muito mais que esse resultado inferior ao padrão mundial da parte das companhias que sabem, bem ao certo, como produzir automóveis bem mais seguros.

Procurada, a Ford afirmou que "o Ka está disponível no Brasil desde 1997 e cumpre integralmente com a respectiva legislação brasileira e também oferece equipamentos de série que vão além das exigências locais de segurança, como distribuição eletrônica de freios (EBD), Isofix (para ancoragem de bebê conforto), encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos no banco traseiro central e lembrete de uso do cinto de segurança para o banco do motorista". "O Latin NCAP considera que esse comportamento demonstra uma falha grave quanto à responsabilidade social corporativa das empresas", disse. O SRI, Sistema de Retenção Infanti, também foi considerado bom na proteção de impactos lateral e frontal para crianças de 18 meses.

O resultado do Ford Ka foi válido, também, para o modelo Ford Figo/Aspire comercializado no México, na Costa Rica, em O Salvador, na Guatemala, em Honduras, na Nicarágua e no Panamá.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Olivia Colman irá substituir Claire Foy em 'The crown'
O motivo é simples: a série irá entrar em uma fase da rainha um pouco mais velha, já na década de 1970. Colman apareceu recentemente no cult O Lagosta e estará em Assassinato no Expresso do Oriente .

David Goffin derrota norte-americano e encara Federer na semifinal na Basileia
Nos quartos-de-final, Federer sobreviveu ao francês Adrian Mannarino , triunfando por 4-6, 6-1 e 6-3, em 1h42 de encontro. No confronto direto, ampla vantagem para o tenista sul-americano - nove vitórias em 11 partidas.

Advogado pede na Justiça o bloqueio de bens e passaporte de Anitta
Kamilla afirmou ter ficado surpresa com o rompimento entre as duas em 2014, já que se considerava amiga da cantora. Ela havia recorrido da decisão que determinou que ela pagasse R$ 2,8 milhões em multa de rescisão de contrato.

Espetáculo "É Preciso Acreditar" esgotado
É já no dia 31 deste mês que se vai realizar o concerto solidário 'É preciso acreditar' no Convento de São Francisco, em Coimbra. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, também vai marcar presença no evento.

Outras notícias