Jovem de 29 anos morre ao cair de grua em instalações militares

Jovem de 29 anos morre ao cair de grua em instalações militares

Um homem morreu e outro sofreu ferimentos graves, na manhã desta quinta-feira, na queda da grua em que ambos estavam a trabalhar, no parque de antenas da Nato e da Marinha, na Fonte da Telha, Almada.

Os dois trabalhadores estariam numa grua telescópica, que alegadamente devido à cedência do terreno que suportava as respectivas sapatas, tombou rebentando os cabos de suporte da torre da antena. Ao que foi possível apurar, os trabalhadores pertencem à empresa Sentronix, responsável por este tipo de trabalhos há vários anos no local. A situação acabaria por provocar a queda dos homens, tendo Alex Rodrigues, de 29 anos, natural da localidade de Granho, no concelho de Salvaterra de Magos, tido morte imediata.

O outro trabalhador foi assistido no local por uma equipa de emergência médica e transportado, em estado grave, para o Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Robert Kubica completa primeiro teste com a Williams
Mentalmente, eu acredito que será mais agressivo do que era antes. "Só posso ver coisas boas nele". Ele só precisa, como todos nós na vida, um pouco de sorte para que a Williams abra o olho e acorde.

Portugal vence Suíça e carimba passaporte para o Mundial'2018
O Estádio da Luz vestiu as cores do Campeão Europeu para mais uma noite Histórica do futebol português. Ao minuto 42, Eliseu cruzou, João Mário falhou, mas o suíço Djourou colocou a bola na própria baliza.

Rivais palestinos Fatah e Hamas assinam acordo de reconciliação no Cairo
Com o acordo , Abbas poderá retirar "muito em breve" as sanções financeiras adotadas em 2017 para forçar o Hamas a negociar. O secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou Mahmud Abbas pelo acordo de reconciliação.

EUA vão abandonar a UNESCO, novamente
A diretora-geral da UNESCO reagiu ao anuncio desta quinta-feira declarando " lamentar profundamente " a decisão norte-americana. Autoridades americanas, incluindo a embaixadora americana na ONU , Nikki Haley, já emitiram repetidas condenações a Unesco .

Outras notícias