Sport vence sai do Z4 e dá salto na classificação

EC Vitória

A sétima derrota rubro-negra aconteceu nesta quinta-feira de dia das crianças, o algoz da vez foi o Sport, que venceu por 2 a 1, pela 27ª rodada do certame nacional.

Caíque fez uma defesa salvadora no minuto 38.

Aos 45 minutos, o Sport abriu o placar.

Três minutos depois o colombiano marcou o segundo gol leonino, numa jogada que contou com um belo passe de André para Diego Souza, que deu uma bela arrancada e foi inteligente ao servir o companheiro mesmo estando de frente para o goleiro.

Apesar da posição delicada e do retrospecto não muito animador, os dois times fizeram um primeiro tempo movimentado no Barradão, com chances de gol, boas defesas de Caíque e Magrão, e polêmica -os donos da casa reclamaram de pênalti em Neilton, não marcado pela arbitragem.

O confronto começou com as duas equipes se estudando bastante, mas com o Sport partindo mais em direção ao ataque na tentativa de surpreender, enquanto o Vitória se fechava para não correr riscos. Aos 20′, Diego Souza recebeu lançamento em profundidade e achou Lenis livre para completar. Desta vez, o Rubro-Negro baiano não fez má exibição, mas não conseguiu parar o Sport, que se encontrou no jogo e venceu por 2 a 1.

Com a baixa criatividade, uma boa oportunidade só veio aparecer aos 38 minutos, quando Patrick avançou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para André cabecear bem, mas o goleiro Caíque mostrou qualidade e fez um milagre. O camisa 87 bateu rasteiro, mas Caíque se esticou e desviou para a linha de fundo.

Se a atuação do Sport no primeiro tempo foi satisfatória, o atual campeão pernambucano não tirou o pé do acelerador na etapa final.

O Sport voltou para o segundo tempo gostando do jogo, enquanto o Vitória entrou em campo tenso.

Sport: Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Patrick, Wesley (Rodrigo) e Diego Souza; Osvaldo (Lenis) e André (Juninho). Local: Barradão, Salvador (BA). Marcelo Aparecido de Souza mandou o atacante levantar e seguiu o jogo. Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP). Em cobrança de falta, Diego Souza bateu por cima da barreira, Caíque se esticou, mas não achou nada.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Demanda máxima de energia pode cair 4% com horário de verão — Cemig
Além disso, com os reservatórios da hidrelétricas com níveis baixos níveis de armazenamento, qualquer economia é bem vinda pelos agentes do setor.

Portugal vence Suíça e carimba passaporte para o Mundial'2018
O Estádio da Luz vestiu as cores do Campeão Europeu para mais uma noite Histórica do futebol português. Ao minuto 42, Eliseu cruzou, João Mário falhou, mas o suíço Djourou colocou a bola na própria baliza.

Rivais palestinos Fatah e Hamas assinam acordo de reconciliação no Cairo
Com o acordo , Abbas poderá retirar "muito em breve" as sanções financeiras adotadas em 2017 para forçar o Hamas a negociar. O secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou Mahmud Abbas pelo acordo de reconciliação.

Presidente do PSG é alvo de investigação na Suíça
Em março do ano passado, os procuradores suíços disseram que Valcke era suspeito de fraude e outros delitos. As investigações estariam apurando "suspeitas de corrupção privada" e gestão desleal.

Outras notícias