Sport vence sai do Z4 e dá salto na classificação

André foi um dos destaques do Sport contra o Vitória  Divulgação  Vitória

A sétima derrota rubro-negra aconteceu nesta quinta-feira de dia das crianças, o algoz da vez foi o Sport, que venceu por 2 a 1, pela 27ª rodada do certame nacional.

Caíque fez uma defesa salvadora no minuto 38.

Aos 45 minutos, o Sport abriu o placar.

Três minutos depois o colombiano marcou o segundo gol leonino, numa jogada que contou com um belo passe de André para Diego Souza, que deu uma bela arrancada e foi inteligente ao servir o companheiro mesmo estando de frente para o goleiro.

Apesar da posição delicada e do retrospecto não muito animador, os dois times fizeram um primeiro tempo movimentado no Barradão, com chances de gol, boas defesas de Caíque e Magrão, e polêmica -os donos da casa reclamaram de pênalti em Neilton, não marcado pela arbitragem.

O confronto começou com as duas equipes se estudando bastante, mas com o Sport partindo mais em direção ao ataque na tentativa de surpreender, enquanto o Vitória se fechava para não correr riscos. Aos 20′, Diego Souza recebeu lançamento em profundidade e achou Lenis livre para completar. Desta vez, o Rubro-Negro baiano não fez má exibição, mas não conseguiu parar o Sport, que se encontrou no jogo e venceu por 2 a 1.

Com a baixa criatividade, uma boa oportunidade só veio aparecer aos 38 minutos, quando Patrick avançou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para André cabecear bem, mas o goleiro Caíque mostrou qualidade e fez um milagre. O camisa 87 bateu rasteiro, mas Caíque se esticou e desviou para a linha de fundo.

Se a atuação do Sport no primeiro tempo foi satisfatória, o atual campeão pernambucano não tirou o pé do acelerador na etapa final.

O Sport voltou para o segundo tempo gostando do jogo, enquanto o Vitória entrou em campo tenso.

Sport: Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Patrick, Wesley (Rodrigo) e Diego Souza; Osvaldo (Lenis) e André (Juninho). Local: Barradão, Salvador (BA). Marcelo Aparecido de Souza mandou o atacante levantar e seguiu o jogo. Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP). Em cobrança de falta, Diego Souza bateu por cima da barreira, Caíque se esticou, mas não achou nada.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Resumo Pega Pega (13/10): Sandra Helena passa mal junto com Mônica
O Carioca Palace atinge sua lotação máxima com a chegada dos músicos que participarão do festival na cidade. Evandro (Paulo Vilhena) questiona Júlio sobre Cíntia dizendo se ele não vai fazer nada pela namorada.

Demanda máxima de energia pode cair 4% com horário de verão — Cemig
Além disso, com os reservatórios da hidrelétricas com níveis baixos níveis de armazenamento, qualquer economia é bem vinda pelos agentes do setor.

Família sequestrada no Afeganistão em 2012 é libertada pelas forças paquistanesas
A família está agora em território paquistanês, enquanto as autoridades tratam do seu regresso aos Estados Unidos ou ao Canadá. A informação da libertação foi inicialmente avançada pelo Exército paquistanês e confirmada entretanto pelos Estados Unidos.

EUA vão abandonar a UNESCO, novamente
A diretora-geral da UNESCO reagiu ao anuncio desta quinta-feira declarando " lamentar profundamente " a decisão norte-americana. Autoridades americanas, incluindo a embaixadora americana na ONU , Nikki Haley, já emitiram repetidas condenações a Unesco .

Outras notícias