Copom anuncia décimo corte consecutivo e Selic chega a 7% ao ano

Copom anuncia décimo corte consecutivo e Selic chega a 7% ao ano

De abril a setembro, o Copom reduziu a Selic em 1 ponto percentual. A decisão era esperada pelos analistas financeiros.

A mínima histórica da Selic, de 7,25 por cento, havia sido atingida em outubro de 2012, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

De acordo com um levantamento divulgado a cada reunião pelo site MoneYou em parceria com a Infinity Asset Management, mesmo após a redução da Selic, o Brasil está em quarto lugar no ranking dos países com maior juro real.

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A meta que deveria ter sido cumprida pelo Copom é de 4,5% com uma margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima e para baixo.

Na pesquisa Focus mais recente, feita pelo BC junto a uma centena de economistas, a expectativa é de uma inflação de 3,03 por cento em 2017, 4,02 por cento para o ano que vem e de 4,25 por cento em 2019.

Ainda em dezembro, no dia 21, o BC atualiza e detalha suas projeções de inflação com a divulgação do Relatório de Inflação (RI) do quarto trimestre.

"Uma frustração das expectativas sobre a continuidade das reformas e ajustes necessários na economia brasileira pode afetar prêmios de risco e elevar a trajetória da inflação no horizonte relevante para a política monetária", disseram os diretores, que justificaram que o quadro pode se tornar ainda mais grave. "Esse risco se intensifica no caso de reversão do corrente cenário externo favorável para economias emergentes". O ritmo de corte caiu para 0,75 ponto em outubro e para 0,5 ponto na reunião de ontem. O Copom só voltou a realizar cortes nos juros em outubro do ano passado.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Longe da Globo, Caio Castro pode apresentar reality de pegação na Band
Brasil é conhecido como um reality de relacionamentos carregado de palavrões, sexo e bebedeiras. A TV Bandeirantes comprou da MTV os direitos de transmissão do próximo "De Férias com o Ex".

Corinthians acerta com Renê Júnior e Júnior Dutra para 2018
O volante foi oferecido ao alvinegro no início do ano, mas foi preterido para as contratações de Fellipe Bastos e Paulo Roberto. Renê preferiu a cautela ao lembrar que o contrato não foi assinado, mas exaltou a Fiel. "É uma oportunidade única".

Sem obstrução, CCJ aprova PEC das Diretas
O relatório aprovado ainda precisa ser analisado por uma comissão especial antes de ser apreciado pelo plenário da Câmara. Por se tratar de uma mudança na Constituição, a proposta precisa ser aprovada por ao menos 308 deputados, em dois turnos.

¿Barcelona posterga la contratación de Yerry Mina?
Sobre el nombre del club chino que se interesó por él hay hermetismo: las partes prefieren no mencionarlo. El Barcelona podría perder a uno de los jugadores de mayor ascendencia en su plantel.

Outras notícias