Diretora é agredida por aluna na escola estadual Firmina Sobreira

Estudante agride diretora após reclamação sobre falta do fardamento completo

Conselheiros tutelares visitaram nesta quarta-feira (6) a escola estadual Firmina Sobreira, localizada no bairro Poty Velho, Zona Norte de Teresina, em que a diretora foi agredida por uma aluna.

Segundo testemunhas, a professora não reagiu às agressões. A família informou às autoridades que a menina sofre de transtornos psicológicos. O objetivo é resolver o impasse e ouvir as duas partes a respeito de como tudo aconteceu, bem como avaliar as devidas penalidades ao responsável pelo ocorrido.

A Seduc informa que repudia qualquer tipo de violência física ou psicológica, independentemente da motivação e que, após a ocorrência, a estudante acusada de cometer a agressão foi encaminhada para a secretaria da escola e seus pais foram chamados.

De acordo com a direção da escola, a estudante, que cursa o 8º ano na escola, teria se chateado porque Marilena Maria havia pedido que ela não fosse mais de calça jeans e passasse a usar o fardamento completo.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) lamenta o fato da diretora da Unidade Escolar Firmina Sobreira ter sido agredida fisicamente, por uma aluna do 8ª ano do Ensino Fundamental, de 16 anos, após ter sido cobrada pelo uso do fardamento completo. A estudante, segundo o órgão, apresentava problemas de socialização e vinha sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar, que também foi acionado.

A informação foi confirmada pela assessoria da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Equipes com um psicólogo e um assistente social da 4ª Gerência Regional de Educação e da Companhia de Policiamento Escolar (CIPE) estiveram na Unidade para prestar assistência à diretora e apurar o caso.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

"Esqueçam essa bobagem que não serei candidato", dispara Lula
O ex-presidente sugeriu ainda que a própria Lava Jato lance um candidato, se a intenção é evitar que ele se eleja. Tem um cidadão que acha que vai acabar com a violência dando arma, eu quero dar emprego", disse o ex-presidente.

Sara Norte confiante na recuperação da irmã
Sara Norte pede que este momento delicado seja respeitado, uma vez que a irmã mais nova precisa de "tranquilidade". Apesar da doença, Sara Norte está confiante na recuperação e na vitória da irmão na luta contra esta doença.

De olho no Real Madrid, Hazard adia renovação com Chelsea
Junto com isso, uma multa de rescisão e o tempo de contrato alongado, dificultariam a saída de Hazard para qualquer interessado. Caso renovasse, o jogador passaria a receber 300 mil libras (cerca de R$ 1,3 milhão) por semana no clube inglês.

Câmara aprova urgência e FEX deve ser votado ainda nesta quarta-feira
Por isso, precisa ser apreciado pelo Senado antes de seguir para sanção do presidente da República Michel Temer (PMDB). Durante a tarde, a Câmara dos Deputados já havia aprovado requerimento para o FEX ser votado em regime de urgência.

Outras notícias