Google bloqueia YouTube em dispositivos da Amazon

Alphabet do Google diz que tentou chegar a um acordo recíproco com a Amazon mas não teve acerto

"Estivemos tentando chegar a um acordo com a Amazon para fornecer aos consumidores acesso aos produtos e serviços um do outro".

A Google, por meio de comunicado nesta quarta-feira, 06/12, informou que "a Amazon não tem produtos do Google como o Chromecast e Google Home, não deixa seu serviço Prime Video disponível para clientes do Google Cast e mês passado parou de vender alguns dos mais recentes produtos da Nest (nossa companhia irmã)".

O Engadget também conversou com uma fonte dentro do Google, que revelou que o principal ponto da disputa é a Amazon ter colocado no Echo Show uma versão limitada (e que viola os termos de serviço) do YouTube, em vez de trabalhar com o Google em um aplicativo oficial e completo.

A Amazon e o Google continuam se estranhando - e quem perde é o consumidor. Dada esta falta de reciprocidade, vamos deixar de suportar o YouTube no Echo Show e na FireTV. Isso porque, segundo o TechCrunch, se deve há um conflito existente entre as duas companhias pelo fato da aplicação não estar oferecendo as funcionalidades esperadas, com isso, a Google resolveu remover o aplicativo YouTube do Echo Show, que funciona deste o início do ano em conjunto com a Alexa.

Em resposta, a Amazon disse ao Engadget que o Google "está criando um precedente decepcionante em bloquear seletivamente o acesso a um site aberto" e afirmou esperar resolver essa questão o quanto antes. Além disso, a nova aplicação estaria violando os Termos de Uso dos serviços da Google, uma vez que a nova aplicação utiliza também controles por voz.

A remoção do YouTube do Echo Show provavelmente o torna um produto menos desejável.

A briga entre as duas gigantes da tecnologia começou porque a Amazon deixou de vender dispositivos Google, como o Google Home (assistente virtual), Chromecast e Nest (sistema de segurança) em seu comércio eletrônico.

O Google, através da Alphabet, tentou negociar um acordo para que a Amazon volte a vender seus dispositivos. Leve o melhor conteúdo tecnológico no seu bolso e compartilhe os conteúdos mais relevantes com seus amigos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Tarifa branca de energia entra em vigor em janeiro
Quem optar pela tarifa branca, comparando com a tarifa convencional, no horário fora de ponta, pode ter uma conta 16% mais barata. A expectativa é que, inicialmente, a medida alcance uma pequena parcela dos consumidores brasileiros.

Data de estreia da quarta temporada é anunciada — Black Mirror
Os episódios da série são independentes e trazem histórias diferentes todas relacionadas às tecnologias do mundo modernos. A única conexão entre cada um é a temática, que sempre gira em torno do uso perigoso da tecnologia.

Roger Waters marca sete shows no Brasil, segundo jornal
Em Porto Alegre, a apresentação será no dia 30 de outubro, no estádio Beira-Rio, a partir das 21h. Classificação etária: De 10 a 15 anos permitida a entrada acompanhado de responsável.

Superior Tribunal de Justiça aceita denúncia contra Pimentel
Outro processo refere-se à aprovação de um financiamento para obras de transporte público em Moçambique. Ele teria atuado para viabilizar as operações do BNDES - subordinado ao MDIC - com a empreiteira.

Outras notícias