Luiz Fux é eleito presidente do TSE; Rosa Weber será a vice

Nelson Jr./ASICS  TSE

Recém-eleito novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luiz Fux evitou se pronunciar sobre um possível imbróglio que dominará a cena eleitoral no ano que vem: como ficará a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato à Presidência em 2018, caso seja condenado em segunda instância. Fux foi eleito em votação secreta com placar de 6 a 1. A corte sempre é presidida por um ministro do STF, geralmente aquele que está há mais tempo no tribunal eleitoral. Com a incompatibilidade de cargos, Rosa vai virar, então, presidente do TSE. "Tenho a espinhosa missão de substituir duas excepcionais gestões, a do ministro (Dias) Toffoli e a do ministro Gilmar (Mendes), e creio em Deus que estarei à altura do exercício dessa missão", disse Fux, logo após o resultado da votação.

Atual presidente da Corte eleitoral, Gilmar Mendes afirmou que já vem trabalhando em parceria com Fux e Rosa para uma transição "tranquila" - para isso, eles têm se reunido para discutir temas relevantes, tendo em vista, principalmente, as eleições de 2018.

"Teremos que fazer esse trabalho de maneira bastante integrada, mas todos nós estamos absolutamente tranquilos que o tribunal continua em boas mãos", enfatizou.

Fux, que assume o comando da corte eleitoral em fevereiro, disse que essa questão certamente será judicializada. "Uma vez que vamos ter em 2018 uma situação que talvez seja marcante e histórica no TSE, quando o Tribunal terá três presidentes (durante o ano)", afirmou Mendes.

O tribunal é composto por sete ministros titulares - três são oriundos do STF, dois vêm do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e outros dois representam a classe de juristas. Assumiu como vice-presidente do TSE em maio de 2016 e atuou como ministro substituto do Tribunal de maio de 2011 até ser empossado como ministro titular. Inicialmente, ele ocupou uma vaga de ministro substituto.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

"Esqueçam essa bobagem que não serei candidato", dispara Lula
O ex-presidente sugeriu ainda que a própria Lava Jato lance um candidato, se a intenção é evitar que ele se eleja. Tem um cidadão que acha que vai acabar com a violência dando arma, eu quero dar emprego", disse o ex-presidente.

Professora ensina alunos a colocar camisinha com a boca e causa polêmica
O deputado estadual do Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSC), postou o vídeo no Twitter e questionou o que viu nas imagens. Os alunos que acompanharam a aula deram várias risadas e aplaudiram a ação da professora.

Senado aprova aumento do repasse da União para os municípios
Depois de ser analisado em dois turnos pelos senadores, o texto agora segue para a Câmara dos Deputados. Serão 0,25% a mais, nos anos de 2018 e 2019; 0,5% a mais, em 2020; chegando a 1% em 2021.

MPF denuncia Mantega e Foster por manipulação no preço da gasolina
Caso o governo não atingisse a meta, o Banco Central teria que enviar uma carta ao Congresso Nacional justificando o discumprimento.

Outras notícias