Para corrigir bug, Apple antecipa atualização do iOS

Para corrigir bug, Apple antecipa atualização do iOS

Ao marcarem dia 2 de dezembro em seu calendário, iPhones reiniciaram sozinhos. A última atualização dos sistema operacional utilizado por iPhone e iPads foi liberada neste final de semana e deve corrigir falha que fazia com que iPhones reiniciassem sozinhos.

A Apple lançou o iOS 11.2 para os dispositivos iPhone, iPad e iPod touch. Vale notar, no entanto, que em momento algum a companhia se declarou sobre o bug publicamente ou se desculpou por ele, simplesmente disponibilizando o update e dizendo que ele deve consertar o problema. Quem quiser ser extra cuidadoso pode desligar todas as notificações de uma vez até fazer o update, o que parece ser a medida mais segura.

Finalmente, a versão iOS 11.2 traz a correção do bug da calculadora do sistema.

O que muda após a atualização? Para atualizar agora mesmo o seu iPhone, é só abrir os Ajustes, escolher a opção "Geral" e, ali, selecionar "Atualização de Software" para baixar e instalar o iOS 11.2.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Revelado o resultado da autópsia de Chester Bennington
Ele lutava contra o vício em drogas e álcool e, segundo afirmou a amigos e familiares, estava sóbrio havia seis meses. No relatório, é também apontado pelo médico legista que o vocalista "tinha um historial de pensamentos suicidas".

Gilmar Mendes pede vista de processo sobre liberdade a Wesley Batista
A Segunda Turma é formada pelos ministros Edson Fachin, Celso de Mello, Gilmar Mendes , Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli. Wesley está preso em razão do uso privilegiado de informações para obter vantagens indevidas no mercado financeiro.

Morre mais uma das pessoas feridas em incêndio na creche de Janaúba
Desse total, três pacientes estão no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, sendo um em estado grave. O adiantamento será de R$ 6 mil para as outras vítimas diretas que não se enquadrem nas hipóteses anteriores.

Justiça derruba liminar e libera propaganda do governo sobre reforma da Previdência
A associação argumenta que a propaganda " não tem cunho educativo, com propagação inverídica sobre o tema ". Ela igualmente estabelecia multa de R$ 50 mil por cada dia de descumprimento da decisão.

Outras notícias