PMDB pode fechar questão sobre reforma da Previdência

PMDB fecha questão e punirá deputados contrários à reforma diz blog

Em meio às dificuldades recentes enfrentadas pelo governo para avançar com a reforma previdenciária no parlamento, o partido do presidenteMichel Temer enfim deu uma boa notícia ao Planalto.

O presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, confirmou que já existe uma maioria da bancada da Câmara e da Executiva para fechamento de questão a favor da reforma da Previdência. Caso o fechamento de questão seja efetivado, qualquer um dos atuais 60 deputados do PMDB que descumprirem a orientação poderá ser punido com a suspensão temporária de suas funções partidárias.

"Diante disso, o PTB determina que os deputados federais e senadores do partido, em obediência à decisão da Executiva nacional, votem pela aprovação da reforma", diz Jefferson na nota, que será entregue a Temer em jantar na noite desta quarta-feira. As punições variam de multas à expulsão do partido. Segundo ele, as sanções serão estabelecidas posteriormente, caso a caso, pela Comissão de Ética do partido. O fechamento de questão seria fundamental para dar esse "conforto" à votação.

Na terça-feira (5), o líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), informou que a maioria da bancada se posicionou a favor da reforma.

Questionado se a executiva deve acatar o pedido, ele respondeu: "Acredito que o PMDB já tem maioria para a executiva nacional deliberar sobre o fechamento".

Nos últimos dias, o governo intensificou as articulações com deputados para tentar aprovar a reforma. O partido considera que a reforma é "primordial" para a retomada do crescimento no Brasil, acabando com os privilégios. Enquanto membros da base contam votos das bancadas, Temer tem feito encontros com parlamentares para falar sobre o projeto.

Mais cedo, nesta quarta, Temer recebeu líderes partidários no Palácio do Alvorada, em Brasília.

Procurando demonstrar otimismo, Jucá disse esperar efeito dominó na base. Na avaliação do relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA), as negociações para votar a emenda constitucional estão no "melhor momento".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Câmara aprova aumento de pena a motorista embriagado que provocar acidente fatal
Considera que é homicídio culposo e a pessoa acaba tendo a pena revertido para cesta básica. Por conta dessa mudança no texto, precisou passar novamente por votação na Câmara.

Diretora é agredida por aluna na escola estadual Firmina Sobreira
A informação foi confirmada pela assessoria da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). A família informou às autoridades que a menina sofre de transtornos psicológicos.

Tribunal argentino ordena prisão preventiva de Cristina Kirchner
O magistrado Claudio Bonadio também pediu que a senadora perca o foro privilegiado, segundo informou nesta quinta-feira (7) jornal "Clarín".

Cuenta falsa de Cristiano Jr. publica que Messi es su ídolo
Sin embargo, todo se trató de una farsa, aunque había sorprendido con una de sus primeras publicaciones. No es la primera vez que el hijo de Cristiano manifiesta su amor por Messi.

Outras notícias