Professora ensina alunos a colocar camisinha com a boca e causa polêmica

Professora ensina alunos a colocar camisinha com a boca e causa polêmica

Um vídeo começou a circular nas redes sociais nos últimos dias e mostra uma mulher, que seria professora, ensinando como se coloca uma camisinha, utilizando um estudante, e o caso gerou um verdadeiro rebuliço na web. Os alunos que acompanharam a aula deram várias risadas e aplaudiram a ação da professora.

Nas cenas, a suposta professora coloca o preservativo na boca, pede para um aluno segurar um pênis de artificial na altura de seu órgão sexual. O deputado estadual do Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSC), postou o vídeo no Twitter e questionou o que viu nas imagens. Até aí vamos considerar tudo bem. O episódio teria acontecido durante uma aula de educação sexual na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e foi filmado por uma aluna que estava no local.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

De olho no Real Madrid, Hazard adia renovação com Chelsea
Junto com isso, uma multa de rescisão e o tempo de contrato alongado, dificultariam a saída de Hazard para qualquer interessado. Caso renovasse, o jogador passaria a receber 300 mil libras (cerca de R$ 1,3 milhão) por semana no clube inglês.

Câmara aprova urgência e FEX deve ser votado ainda nesta quarta-feira
Por isso, precisa ser apreciado pelo Senado antes de seguir para sanção do presidente da República Michel Temer (PMDB). Durante a tarde, a Câmara dos Deputados já havia aprovado requerimento para o FEX ser votado em regime de urgência.

Google Chrome v63.0.3239.84 corrige 37 falhas de segurança
O Google disponibilizou para download nesta semana o navegador Google Chrome v63.0.3239.84 para Windows e outras plataformas. O fechamento vem mais de um ano depois que a Google prometeu finalizar a loja digital devido à falhas de segurança e bugs.

MPF denuncia Mantega e Foster por manipulação no preço da gasolina
Caso o governo não atingisse a meta, o Banco Central teria que enviar uma carta ao Congresso Nacional justificando o discumprimento.

Outras notícias