Ryan Reynolds será o Detetive Pikachu no live-action de Pokémon

Você já imaginou um crossover entre Pokémon e Deadpool?

O ator irá nublar ninguém menos que Pikachu, o Pokémon mais famoso de todos. Reynolds tem sido um dos vários nomes apontados ao papel, a par de Hugh Jackman, Mark Wahlberg e Dwayne "The Rock" Johnson.

Com roteiro de Alex Hirsch (criador de Gravity Falls) e Nicole Perlman (co-roteirista de Guardiões da Galáxia), o filme também conta com Justice Smith e Kathryn Newton no elenco.

O ator Ryan Reynolds, intérprete do tagarela desaforado Deadpool, vai viver um personagem conhecido por não falar nada além de seu nome.

Um acordo para adquirir os direitos de adaptação foi disputado a tapa pelas produtoras, e foi fechado com a Legendary Pictures para distribuir o filme no Japão, e a Universal Pictures pela distribuição no resto do mundo.

Ainda não há previsão de estreia para o longa, mas sabemos que ele será filmado no início de 2018.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Hazard dá 'nega' ao Chelsea e espera pelo Real Madrid
Junto com isso, uma multa de rescisão e o tempo de contrato alongado, dificultariam a saída de Hazard para qualquer interessado. Conta o prestigiado jornal britânico que o camisola 10 dos bleus aguarda um possível convite do Real Madrid no verão de 2018.

Indígenas protestam contra parecer sobre demarcação e são recebidos por ministra
Um grupo de aproximadamente 90 indígenas ocupou, na manhã desta quarta-feira, 6, a sede da Advocacia-Geral da União (AGU). Para o Conselho Indigenista Missionário (Cime), a medida restringe o direito ao reconhecimento das terras tradicionais.

Longe da Globo, Caio Castro pode apresentar reality de pegação na Band
Brasil é conhecido como um reality de relacionamentos carregado de palavrões, sexo e bebedeiras. A TV Bandeirantes comprou da MTV os direitos de transmissão do próximo "De Férias com o Ex".

Corinthians acerta com Renê Júnior e Júnior Dutra para 2018
O volante foi oferecido ao alvinegro no início do ano, mas foi preterido para as contratações de Fellipe Bastos e Paulo Roberto. Renê preferiu a cautela ao lembrar que o contrato não foi assinado, mas exaltou a Fiel. "É uma oportunidade única".

Outras notícias