Ryan Reynolds será o Detetive Pikachu no live-action de Pokémon

Ryan Reynolds vai estrelar 'Detective Pikachu', diz site

Você já imaginou um crossover entre Pokémon e Deadpool?

O ator irá nublar ninguém menos que Pikachu, o Pokémon mais famoso de todos. Reynolds tem sido um dos vários nomes apontados ao papel, a par de Hugh Jackman, Mark Wahlberg e Dwayne "The Rock" Johnson.

Com roteiro de Alex Hirsch (criador de Gravity Falls) e Nicole Perlman (co-roteirista de Guardiões da Galáxia), o filme também conta com Justice Smith e Kathryn Newton no elenco.

O ator Ryan Reynolds, intérprete do tagarela desaforado Deadpool, vai viver um personagem conhecido por não falar nada além de seu nome.

Um acordo para adquirir os direitos de adaptação foi disputado a tapa pelas produtoras, e foi fechado com a Legendary Pictures para distribuir o filme no Japão, e a Universal Pictures pela distribuição no resto do mundo.

Ainda não há previsão de estreia para o longa, mas sabemos que ele será filmado no início de 2018.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Ator que interpretou Stannis Baratheon ficou 'desanimado — Game of Thrones
"Eu cheguei a assistir a série uma vez desde que saí para ver se eu entendia o que está acontecendo, mas eu não consigo". Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal !

Médica proíbe sexo para time antes de jogo contra o Liverpool
O Sevilha segue na segunda posição, com oito pontos, enquanto o Maribor é quarto, com apenas dois pontos. Um jogo que é decisivo na continuação da equipa na Champions League.

Copom anuncia décimo corte consecutivo e Selic chega a 7% ao ano
O ritmo de corte caiu para 0,75 ponto em outubro e para 0,5 ponto na reunião de ontem. O Copom só voltou a realizar cortes nos juros em outubro do ano passado.

Sem obstrução, CCJ aprova PEC das Diretas
O relatório aprovado ainda precisa ser analisado por uma comissão especial antes de ser apreciado pelo plenário da Câmara. Por se tratar de uma mudança na Constituição, a proposta precisa ser aprovada por ao menos 308 deputados, em dois turnos.

Outras notícias