Há situações dramáticas com portugueses na Venezuela, admite Santos Silva

Comunidades

O chanceler de Portugal, Augusto Santos Silva, pediu nesta segunda-feira (8) condições para os empresários lusitanos residentes na Venezuela, após o governo de Nicolás Maduro obrigar os supermercados, muitos deles propriedades de portugueses, a reduzirem os preços.

"Essa exportação pode aumentar", insistiu Santos Silva.

Em entrevista à RTP, o governante abordou a situação da comunidade portuguesa num país onde faltam bens e se tem assistido a pilhagens. "Portanto nós próprios podemos contribuir para superar estas dificuldades, certamente momentâneas, que hoje se vivem aqui". "Eu terei a oportunidade de ter uma reunião bilateral com o ministro das Relações Exteriores, para além da comissão mista".

Arreaza, que não comentou o pedido do colega, destacou a importância da comunidade portuguesa na Venezuela e indicou que existem cerca de 20 projetos mistos em execução.

Esse canal permitirá que "todas" as preocupações, dificuldades, necessidades e propostas dos portugueses "sejam consideradas, analisadas pelas autoridades venezuelanas para que em relação a todas elas haja uma resposta das autoridades venezuelanas", explicou.

"A Venezuela é um país de enormes potencialidades, o povo venezuelano é muito querido dos portugueses e que muito quer os portugueses".

Durante a deslocação a Caracas, o ministro deverá ainda reiterar a posição da União Europeia face à atual crise política, social e económica, e que já levou à imposição de sanções à Venezuela.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Trump admite que EUA podem voltar ao Acordo de Paris
"E eu não vou permitir que isto ocorra", disse Trump em coletiva de imprensa conjunta com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg.

Estudante universitária está desaparecida
O JN apurou entretanto junto daquela universidade que Ana Rita Fernandes não tem frequentado "há alguns dias". Uma estudante da Universidade da Beira Interior está desaparecida desde o início da semana.

Governo do Rio promete pagar salários de dezembro na próxima segunda-feira
Cerca de 49 mil professores e técnicos administrativos da Educação estão sem recber o salário de dezembro. Apesar de pagar o vencimento em dia, o Estado ainda corre para quitar o que ainda deve aos servidores.

Mancuello e Cruzeiro se acertam e atleta é aguardado na próxima semana
O jogador será a sétima contratação do Cruzeiro para a temporada e praticamente encerraria a busca por reforços. O jogador até fez boas apresentações, mas sem igualar o rendimento que o consagrou no futebol argentino.

Outras notícias