Indústria cresce 2,4% no Ceará

Show show 1

A produção industrial registrou alta em 8 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em novembro, na comparação com outubro, conforme pesquisa divulgada nesta quinta-feira (11). Os dados foram analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Completam o conjunto de locais com resultados positivos nos onze meses do ano, o Espírito Santo (2,3%), Minas Gerais (1,8%) e Rio Grande do Sul (0,5%).

Na comparação anual de novembro, a indústria do bloco ampliou a produção em 3,2%, variação que também superou a projeção do mercado, de ganho de 2,9%.

Os setores de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (10,1%) e de outros equipamentos de transporte (16,7%) exerceram as contribuições positivas mais relevantes sobre o total da indústria, impulsionados, sobretudo, pela maior produção de televisores; e de motocicletas e suas peças e acessórios, respectivamente.

De modo geral, novembro foi bom para a indústria brasileira, com alta de 0,20%, completando três meses de expansão. As demais taxas negativas foram no Paraná (-0,9%), Goiás (-0,6%) e Santa Catarina (-0,1%). Oito dos 12 segmentos da indústria geral influenciaram o resultado, com destaque para Coque, produtos derivados de petróleo e biocombustíveis com recuo de 10,4% e Metalurgia, que teve queda de 26,9%. Em sentido contrário, a atividade Veículos (22,9%) apresentou a principal influência positiva, impulsionada, em grande parte, pela maior fabricação de automóveis. Vale citar ainda o crescimento em Couros, artigos para viagem e calçados (6,8%), Produtos de borracha e de material plástico (7,0%) e Produtos alimentícios (1,9%). Por outro lado, os resultados negativos mais intensos nesse mês foram no Amazonas (-3,7%), que devolveu o avanço de 3,7% observado em outubro; Rio de Janeiro (-2,9%), eliminando parte da expansão de 13,3% acumulada entre agosto e outubro; e Ceará (-2,3%) voltando a recuar após crescer 1,1% em outubro, quando interrompeu quatro meses consecutivos de queda na produção. No período, houve queda de 3,7% na produção industrial local.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

"Em teoria", EUA podem reassinar Acordo de Paris — Trump
Donald Trump admite que os Estados Unidos da América podem voltar a integrar o Acordo de Paris para as alterações climáticas. Bem, certezas não existem ainda, mas Donald Trump, pelo menos, reconsiderou o acordo.

Skype recebe criptografia de ponta a ponta
A novidade da vez é que a gigante de Redmond começa a testar em fase Beta a criptografia ponta-a-ponta no mensageiro. De qualquer forma, é um passo da Microsoft na direção certa.

Fluminense acusa Gustavo Scarpa de má-fé — Briga sem fim
Um pouco antes, a magistrada havia negado o pedido do meia para rescindir imediatamente seu contrato com o Fluminense . A transferência, nos moldes desejados pelo Flu, envolveria uma quantia de dinheiro e o empréstimo de outros atletas.

Corinthians encerra negociações por Henrique Dourado
Agora, o jogador de 31 anos, que foi capitão do clube em 2017, está livre para fechar com o Corinthians , com quem já possui um acordo verbal.

Outras notícias