Julian Assange recebeu cidadania do Equador

Julian Assange recebeu cidadania do Equador

A permanência de Julian Assange na embaixada do Equador em Londres pode estar prestes a chegar ao fim. "O Reino Unido não acedeu a esse pedido, nem estamos em conversações com o Equador relativamente a esse assunto", referiu um porta-voz do Ministério. Ele nega o crime, que foi arquivado.

Assange prometeu que aceitaria ser extraditado aos Estados Unidos, caso Chelsea Manning fosse libertada, o que em maio do ano passado, graças a um indulto concedido por Barack Obama, dias antes de ele deixar o cargo em janeiro.

Julian Assange recebeu cidadania do Equador

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, recebeu a cidadania equatoriana em 12 de dezembro, informou nesta quinta-feira (11) a ministra de Relações Exteriores do país sul-americano. Todos os pedidos para que ele saísse de lá, realizados ao longo dos anos, foram negados pelo próprio, mesmo depois de a investigação relacionada aos casos de suposto estupro terem sido suspensas pela polícia sueca.

Esta é a primeira vez que o Equador cita abertamente a possibilidade de uma mediação, que envolve, além do Reino Unido, os Estados Unidos e a Suécia. De acordo com a ministra, entretanto, o governo britânico se disse favorável a encontrar uma saída pacífica - mas ainda sem mencionar o salvo-conduto tão esperado pelo ativista, que garantiria sua saída segura do país. Os advogados de Assange pediram sua libertação em um comunicado publicado no Twitter, lembrando que um grupo de trabalho da ONU estimou, em 2016, que o ex-hacker foi vítima de uma "detenção ilegal e arbitrária pelas autoridades britânicas".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Paris. Hotel assaltado por homens armados com machados
Em 1997, a princesa Diana saiu do Ritz com o namorado, Dodi al-Fayed, antes de sofrer o acidente de carro que a matou. O valor do roubo é estimado em "mais de 4 milhões de euros", mas a estimativa precisa ainda está em andamento.

Juiz freia decisão de Trump que acabaria com apoio a jovens imigrantes
Muitos destes jovens emigrantes, apelidados de "dreamers", passaram a maior parte da sua vida nos Estados Unidos e são na sua maioria oriundos da América Central e do Sul.

Caldas vence Farense no prolongamento e segue em frente na Taça — Crónica
Já nos derradeiros minutos do prolongamento, aos 115, Pedro Emanuel bisou e deu o apuramento histórico ao Caldas. A primeira mão disputa-se na Vila das Aves, e a segunda mão em Caldas da Rainha.

SP: mulher empurrada nos trilhos do metrô recebeu alta no mesmo dia
Consciente, a vítima vestiu um colar cervical e foi levada em uma viatura do metrô até um pronto-socorro da região. O suspeito, que foi autuado por tentativa de homicídio, negou a autoria do crime, apesar do flagrante.

Outras notícias