Kvyat é o novo piloto de desenvolvimento da Ferrari

Ferrari anuncia Daniil Kvyat como piloto de testes

O russo Daniil Kvyat, que não renovou o contrato com a Red Bull ao fim da última temporada da Fórmula 1, será o novo piloto de testes da Ferrari, anunciou a escuderia italiana pelo Twitter nesta quarta-feira.

O jovem de 23 anos, que estava buscando vaga como piloto titular, chegou a entrar em contado com a Williams. A equipe inglesa, contudo, deve fechar com o também russo Sergey Sirotkin. Mas agora o russo foi confirmado como piloto de desenvolvimento da Ferrari, que tem o alemão Sebastian Vettel e o finlandês Kimi Raikkonen como seus titulares.

Campeão da GP3 em 2013, Kvyat estreou na F1 com a Toro Rosso, filial da Red Bull, em 2015, mas acabou perdendo espaço na categoria devido a diversos acidentes e à acensão do holandês Max Verstappen. Ao fim de 2014, foi promovido a Red Bull Racing para ser o segundo piloto da equipe, ao lado de Daniel Ricciardo.

A primeira corrida da nova temporada da Fórmula 1 acontecerá no fim de semana do dia 25 de março, com o Grande Prêmio da Austrália, na pista de Melbourne.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Diego Souza recebe a 9, mas não escolhe posição
Voltei um pouco depois dos meus companheiros, mas o professor precisando já estou à disposição para o próximo jogo". Ele ( Diego Souza ) vai precisar de algo que ele perdeu com o tempo: a regularidade. "Estou trabalhando, treinando.

Juiz federal suspende medida provisória que permite privatização da Eletrobras
O MME disse ainda que a União não tem condições de prover os recursos de que a Eletrobras necessita. O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira, afirmou que a privatização deve ser concluída em 2018.

Alemanha mais próxima de ter um governo
Horst Seehofer, da CSU, apontou a Páscoa, que este ano se comemora a 1 de Abril, como o ultimo prazo para o país ter um Executivo. Em novembro, Merkel falhou formar coligação com os democratas livres e os verdes.

Trump tem 'saúde excelente', diz médico após exame
Os hábitos alimentícios de Trump chamaram atenção desde a época da campanha eleitoral de 2016. O presidente não fuma, nem bebe, mas consome até 12 latas de coca-cola light todos os dias.

Outras notícias