Litoral de SC ainda tem risco de chuva

Litoral de SC ainda tem risco de chuva

Na manhã de hoje, o Secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, Rodrigo Moratelli, emitiu um comunicado sobre as chuvas dos próximos dias. Quinhentas pessoas estão desalojadas.

A expectativa de chuvas para o mês na capital catarinense, região mais crítica, era de 200 milímetros.

Valcioni Luiz da Silva, de 59 anos, foi arrastado pela enxurrada na capital, bateu com a cabeça no chão e não resistiu. A irmã dela, de 13 anos, ficou ferida, mas não corre risco de morrer. Na capital, um homem está desaparecido no Morro do Quilombo.

As ocorrências como alagamento e deslizamentos de terra foram registrados nos municípios de Lauro Muller, na região da Serra do Rio do Rastro, Imbituba, Florianópolis, Braço do Norte, São José, São João Batista, Biguaçu, São Francisco do Sul, Penha, Itapema, Balneário Camboriú, Itajaí, Bombinhas, Navegantes, Taió, Camboriú, Porto Belo, Governador Celso Ramos, Tijucas, Palhoça e Canoinhas. A preocupação é que, por causa das enchentes registradas na cidade, a balneabilidade da água do mar tenha piorado.

Litoral de SC ainda tem risco de chuva

Durante a madrugada, Florianópolis registrou o acúmulo de 186 mm no volume da chuva em apenas 72 horas. No entanto, a cidade já atingiu os 400 mm até a última quinta-feira (11).

As principais rodovias estaduais que dão acesso ao norte, sul e leste da Ilha de Florianópolis sofreram interdições por causa dos alagamentos. Nas ruas, pessoas caminhavam com água até a cintura.

A temperatura fica amena nesta quinta-feira em todas as áreas do Paraná e de Santa Catarina por causa da chuva e excesso de nebulosidade, que impedem a presença do sol. "É normal no verão essas chuvas persistentes, especialmente no Litoral, causados por fatores como o aquecimento das águas dos oceanos e o grande fluxo de umidade", explicou o meteorologista da Epagri/Ciram Clóvis Correa. "Acordei às 2 horas assustado e vi que a água tinha tomado nosso terreno, estava a uns 20 centímetros de altura e começava a entrar na nossa casa". Em caso de alguma alteração, a população deve procurar a Defesa Civil através do 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193 para uma constatação mais técnica e receber o apoio, caso necessário.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Governo quer reduzir limite de velocidade dentro das localidades para 30 km/h
Em 2017, o Ministério da Administração Interna registou 400 atropelamentos com fuga, dos quais cinco provocaram vítimas mortais. O Governo socialista quer introduzir diversas alterações ao código da estrada.

Ministro afirma que governo não venderá Embraer à Boeing
O governo possui uma ação especial (golden share) da Embraer desde que a empresa foi privatizada, em 1994. Essa ação permite o veto sobre decisões estratégicas da empresa.

OFICIAL: João Henriques é o novo treinador do Paços de Ferreira
O trabalho de João Henriques, por Matosinhos, já havia sido destacado, atempadamente pelo Bancada . Anunciação, também adjunto, fez esta sexta-feira a antevisão e garantiu uma equipa motivada.

Vereador diz que a filiação de Bolsonaro fortalece PSL no Piauí
Naquela época, a prefeitura da cidade, ao calcular o imposto de transmissão de propriedade, avaliava a casa em R$ 1,06 milhão. Quando entrou na política, em 1988, Bolsonaro declarava ter apenas um Fiat Panorama; uma moto e dois lotes de pequeno valor.

Outras notícias