MPF exige que Santander organize mostras sobre diversidade — Queermuseu

O Santander Cultural e o Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul firmaram um compromisso para que, em até um ano e meio, sejam realizadas duas novas exposições enfatizando temas relacionados a diferença e a diversidade, na ótica dos Direitos Humanos e na cidade de Porto Alegre. Na época, a Promotoria recomendou a reabertura da exposição e informou que a atitude de encerrá-la seria prejudicial à liberdade de expressão artística. Caso o braço cultural do banco não atende as exigências, a multa é de 800 mil reais. Já a outra tratará sobre as formas de empoderamento das mulheres na sociedade contemporânea. Além disso, a Promotoria também determina que a instituição sinalize a presença de representações de nudez, violência e sexo nas obras.

Para o curador, um dos mais nocivos aspectos do acordo entre o Santander e o MPF é o precedente criado para que outras instituições "estabeleçam limites para o pensamento através de normativas similares constituindo assim censura prévia". "A decisão do MPF deveria reparar os danos que foram causados pelo fechamento da exposição", diz Gaudêncio Fidelis em entrevista à reportagem.

As exposições, conforme determinação do MPF, terão que permanecer abertas por aproximadamente 120 dias. Na opinião do curador, eventos como os ataques à filósofa Judith Butler, que tem entre seus temas questões de gênero, em sua passagem pelo Brasil para palestras em novembro, foram consequência do fechamento da mostra.

A primeira tentativa do Ministério Público Federal foi negociar o retorno da exposição. "A penalidade [do Santander] é a de continuar fazendo sua própria rotina", diz Fidelis. Procurado pela reportagem, o Santander Cultural preferiu não se manifestar a respeito das afirmações de Fidelis.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Brasileiro pode ser substituto de Alexis Sánchez no Arsenal — Jornal
Malcom defendeu o Corinthians entre 2014 e 2016, e no Alvinegro Paulista conquistou o Campeonato Brasileiro de 2015. Malcom tem 20 anos e já estava sendo observado não só pelo Arsenal, mas também pelo Manchester United e Tottenham.

The Walking Dead é renovada para a sua 9ª temporada
A AMC acaba de anunciar a renovação do drama The Walking Dead para sua 9ª temporada . Gimple foi promovido a chefe de conteúdo da franquia.

Barcelona anuncia empréstimo de Arda Turan
Sua contratação, em 2015, por 40 milhões de euros (cerca de R$160 milhões), foi cercada de muita expectativa. "Por sua vez, o Istambul tem a opção de compra do jogador", divulgou o clube espanhol em seu site oficial.

Após coletiva sobre rebaixamento, Temer chama Meirelles — S&P
Avaliaram que o presidente ataca os aliados que tentam se projetar com as próprias pernas. "Para o PSDB é bom". Mas, apesar do mal-estar, ambos teriam optado por reagir da mesma forma e não se pronunciar sobre o assunto.

Outras notícias